Fé: elemento indispensável

Olá! Graça e Paz!

Vamos falar sobre fé, elemento indispensável na vida do cristão. Como estou na correria do ultimo período da universidade, convidei minha tia e amiga de muitas horas (hehehe) para compartilhar um pouco da Palavra de Deus e sobre o que Ele tem a ensinado. O desejo do meu coração é que esse texto ultrapasse as linhas e atinja o seu coração e glorifique a Cristo.

Ora, sem fé é impossível agradar-lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam.” Hebreus 11:6

Confesso que fiquei envergonhada ao estudar sobre fé e perceber que muitas vezes pessoas que não congregam e não conhecem profundamente a Deus têm mais fé que nós. Isso porque convivemos com Deus, somos abençoados diariamente com sua graça e principalmente recebemos dEle, por meio de Jesus, o milagre da salvação.

Outrossim, também observo que não é uma situação atual. A título de exemplo, Raabe foi uma mulher de muita fé que, embora vivesse uma vida de prostituição, tinha ouvido falar do Deus dos israelitas e de tudo quanto tinha feito crendo no Seu poder e misericórdia para salvar sua vida e família diante da inevitável conquista da terra de Jericó (Josué, capítulo 2). Raabe foi a única mulher a ser citada dentre os heróis da fé no capítulo 11 do livro de Hebreus.

Pela fé a prostituta Raabe, por ter acolhido os espiões, não foi morta com os que haviam sido desobedientes.” Hebreus 11:31

Raabe não viu o Senhor abrir o mar, fazer sair água da rocha ou fazer cair o maná do céu, mas tinha mais fé do que muitos hebreus que presenciaram tais milagres.

Outro exemplo de grande fé é a mulher siro-fenícia(Mateus 15.21-28). Ela tinha sua cultura e provavelmente servia aos deuses adorados na sua nação. Entretanto ela sabia quem era Jesus e nEle depositou a fé no sentido de que Ele poderia libertar sua filha cuja vida estava sendo transtornada por demônio. Vejamos o texto bíblico:

E, partindo Jesus dali, foi para as partes de Tiro e de Sidom.

22 E eis que uma mulher cananéia, que saíra daquelas cercanias, clamou, dizendo: Senhor, Filho de Davi, tem misericórdia de mim, que minha filha está miseravelmente endemoninhada.

23 Mas ele não lhe respondeu palavra. E os seus discípulos, chegando ao pé dele, rogaram-lhe, dizendo: Despede-a, que vem gritando atrás de nós.

24 E ele, respondendo, disse: Eu não fui enviado senão às ovelhas perdidas da casa de Israel.

25 Então chegou ela, e adorou-o, dizendo: Senhor, socorre-me!

26 Ele, porém, respondendo, disse: Não é bom pegar no pão dos filhos e deitá-lo aos cachorrinhos.

27 E ela disse: Sim, Senhor, mas também os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus senhores.

28 Então respondeu Jesus, e disse-lhe: Ó mulher, grande é a tua fé! Seja isso feito para contigo como tu desejas. E desde aquela hora a sua filha ficou sã.” Mateus 15.21-28

Conforme se observa no texto, tal mulher tinha conhecimento de que Jesus era o filho de Deus, o Messias prometido, pois se dirige a Ele chamando-O de Filho de Davi e também de Senhor. Muitos obstáculos poderiam impedir a mulher de alcançar seu objetivo, mas sua fé a fez prosseguir. Ela era uma mulher, de nacionalidade distinta, foi ignorada inicialmente por Jesus, os discípulos queriam afastá-lá, recebeu uma palavra que poderia tê-la ofendido, porém manteve a fé.

Talvez possa parecer que Jesus usou uma palavra pejorativa para ela ao dizer que não poderia pegar o pão dos filhos e dar aos cachorrinhos. No entanto, o Mestre apenas revelava a prioridade do Seu Ministério: salvar as ovelhas perdidas da casa de Israel. Nenhuma família alimenta primeiro os animais de estimação para depois alimentar os filhos e isso não significa desprezo pelos bichos, mas prioridade estabelecida. Do mesmo modo agia Jesus, que tinha compaixão e amor também pelos gentios, mas precisava cumprir a missão junto ao povo escolhido.

A mulher foi sensível e entendeu a palavra que Ele falou usando-a para manifestar ainda mais sua grande fé. Por causa disso recebeu a libertação da filha imediatamente.

Queridos, não temos motivos para não termos fé. As escrituras nos mostram as maravilhas que Deus já fez no meio do Seu povo e todos os dias somos testemunhas das maravilhas que Ele faz em nós. Ele jamais nos decepcionará se confiarmos na Sua fidelidade. O problema é que queremos as coisas do nosso jeito e na nossa hora e quando elas não acontecem ou acontecem de modo diferente somos inclinados a murmurar e desacreditar. Precisamos exercitar mais a gratidão e nos lançar nas mãos do Senhor com a convicção de que Ele não falhará. Sejamos crentes e não incrédulos! Façamos tudo com fé e pela fé a fim de agradar a Deus!

Amém?

Que Deus te abençoe!

Autoria: Maria Evânia Ferreira

Comente!

Sobre o Autor:

Surpreendido por Deus a cada instante, busco matar o meu "eu " todos os dias a fim de que Ele seja tudo na minha vida. Sou apenas um servo, estudante de Fonoaudiologia. Quero ganhar o Brasil para Cristo e não ser destaque ou motivo de exaltação pessoal!

SOBRE NÓS

O ministério Não Morda a Maçã está há 9 anos a serviço do Reino para inspirar adolescentes e jovens a conhecer Jesus através da leitura e revelação da palavra de Deus. Continue lendo

SE INSCREVA EM NOSSO CANAL