Amável

Ultimamente, tenho me sentido um pouco desanimado na fé. Em uma conversa com um irmão em Cristo, ele me disse: “Cara, a gente tem que aprender a sentir prazer em Deus. A Bíblia diz que o Senhor é amável.” Sempre que não estou encontrando em Deus a alegria que sei que devo ter, me lembro disto e fico pensativo. Imagino que muitos de nós têm disso vez ou outra. Não porque eu acho que, se eu cometo tal erro, outros também devem cometer, mas porque sei que somos todos pecadores.

Às vezes eu trato o estudo da Palavra de Deus como uma obrigação diária. Às vezes a oração me é enfadonha. É com muita tristeza e com muita vergonha que eu escrevo isto aqui. A minha miséria é tão grande que eu me esqueço das coisas que o Senhor fez e têm feito pelo seu povo, por mim, e me entretenho com qualquer besteira no lugar de me alegrar em Deus. Muitas coisas me parecem mais interessantes. Curiosamente, até a leitura de livros cristãos/teológicos me apetecem mais. Muito provavelmente porque eu posso utilizá-los pra me inchar e sentir orgulho do conhecimento que adquiro.

Mas toda vez que reflito sobre a questão me acho um imenso imbecil (e de fato sou)! Porque veja bem: o Senhor me amou (Efésios 2.4-8), me tirou do império das trevas (Colossenses 1.13) com o derramar do Seu precioso sangue, me atraiu à Sua grandiosa glória, de maneira que eu me despojei do velho homem (Efésios 4.22) e passei a viver em novidade de vida (Romanos 6.4)! Que tem o mundo para me oferecer de tão agradável e amável quanto o Senhor? Tudo vai passar, mas a Palavra do Senhor permanece para sempre (Mateus 24.35)!

O Senhor é amável. Ainda que Ele nada nos deva, Ele é de tal forma que nos impele a ter amor por Ele. O tempo dedicado à intimidade com o Senhor só vai nos fazer amá-lo cada vez mais. Conhecer de maneira mais profunda o Seu caráter, a sua personalidade, é o que despertará os sentimentos mais puros em nosso coração; sentimentos que não provêm de nós, mas de quem é verdadeiramente amável. As coisas banais a que nós despejamos o nosso prazer não possuem esta característica. Não possuem valor em si mesmas para que sejam dignas de amor. O Senhor, sim, pois para Ele mesmo tudo foi feito (Romanos 11.36).

Encontre morada em nós o mesmo sentimento que havia no salmista, quando escreveu:

Como é agradável o lugar da tua habitação, Senhor dos Exércitos!
A minha alma anela, e até desfalece pelos átrios do Senhor; o meu coração e o meu corpo cantam de alegria ao Deus vivo.
Salmos 84:1,2 (NVI)

Comente!

Por |2018-06-19T21:37:16+00:00quarta-feira, 20 de junho de 2018|Adoração, Devocional, Motivação, Vida Cristã, vitrine|0 Comentários

Sobre o Autor:

Pior dos pecadores alcançado pelo Evangelho de Jesus Cristo. Sonho em ser pai e sou apaixonado pelo livro de Romanos. Membro da Igreja Presbiteriana de Vitória da Conquista - BA.

SOBRE NÓS

O ministério Não Morda a Maçã está há 9 anos a serviço do Reino para inspirar adolescentes e jovens a conhecer Jesus através da leitura e revelação da palavra de Deus. Continue lendo

SE INSCREVA EM NOSSO CANAL