A arte de viver a dois

Pense em duas pessoas imperfeitas vivendo juntas e em intimidade, no grau mais elevado que o ser humano pode experimentar; qual o resultado dessa união? O resultado não é a perfeição e nem poderia ser.

Nenhum casamento vem pronto, aliás, não existe casamento perfeito!

Diante disso, como lidar com essas imperfeições e ter um casamento duradouro? Resposta: Recorrendo Àquele que instituiu o casamento e a família – Deus.

Não tenho dúvidas que só experimentaremos as bênçãos duradouras e plenas do casamento se Deus for o centro desse relacionamento. Afinal, quem mais poderia dar as diretrizes dessa instituição senão Aquele que a criou?

Aliado a essa verdade devemos fazer investimentos:

  • Investir em carinho, atenção, cumplicidade, amor, perdão, fidelidade, e tempo – muito tempo.
  • Investir em boa leitura, congressos, terapias, estudos, devocionais, e tempo – muito tempo.

Família é a base e a base da família é Deus. Invista seu tempo, seus esforços, seus recursos, sua vida na sua família. Vale a pena.

Comece hoje mesmo esses investimentos e não deixe para depois. A arte de viver a dois!

Comente!

Sobre o Autor:

Vil pecador comprado por alto preço, vivendo pela graça de Deus.

SOBRE NÓS

O ministério Não Morda a Maçã está há 9 anos a serviço do Reino para inspirar adolescentes e jovens a conhecer Jesus através da leitura e revelação da palavra de Deus. Continue lendo

SE INSCREVA EM NOSSO CANAL