Temer a Deus ou aos homens?

“O discípulo não está acima do seu mestre, nem o servo acima do seu senhor. Basta ao discípulo ser como o seu mestre, e ao servo, como o seu senhor. Se o dono da casa foi chamado Belzebu, quanto mais os membros da sua família! “Portanto, não tenham medo deles. Não há nada escondido que não venha a ser revelado, nem oculto que não venha a se tornar conhecido. O que eu lhes digo na escuridão, falem à luz do dia; o que é sussurrado em seus ouvidos, proclamem dos telhados. Não tenham medo dos que matam o corpo, mas não podem matar a alma. Antes, tenham medo daquele que pode destruir tanto a alma como o corpo no inferno. Não se vendem dois pardais por uma moedinha? Contudo, nenhum deles cai no chão sem o consentimento do Pai de vocês. Até os cabelos da cabeça de vocês estão todos contados. Portanto, não tenham medo; vocês valem mais do que muitos pardais! “Quem, pois, me confessar diante dos homens, eu também o confessarei diante do meu Pai que está nos céus. Mas aquele que me negar diante dos homens, eu também o negarei diante do meu Pai que está nos céus.
Mateus 10:24-33

Não é difícil encontrar sermões pregados em favor da vitória e prosperidade em todos os sentidos dos crentes. “Somos filhos do Rei, somos príncipes!”, é o que se ouve do púlpito. Mas, se formos sinceros com o que diz a Bíblia, nossa única regra de fé e prática, veremos que o Filho de Deus, o homem mais honrado que a Terra já recebeu, viveu em humilhação e submissão, e morreu em vergonha, sendo feito maldito. Aí argumentam: “E é por isso que hoje nós podemos viver em honra, pois Cristo já carregou nossa desonra!”. Er… não. Na realidade, se você não conhecer a Palavra de Deus, é fácil de ser levado por esses discursos, pois eles têm aparência de piedade, mas são fábulas.

Quando Cristo leva a nossa desonra embora, não significa que, em qualquer perspectiva, em todas as áreas da vida, e independentemente do que você faça, você não sofrerá dores, problemas e dificuldades. Nem tudo terá sabor de mel. Muito pelo contrário. Após os fariseus afirmarem que Cristo realizava milagres pelo poder do diabo, Ele diz que Se o dono da casa foi chamado Belzebu, quanto mais os membros da sua família! Ou seja, se atribuíram tamanha ofensa ao próprio Filho de Deus, quão pior farão conosco?

O texto de Mateus acima foi dito aos apóstolos. Poderiam me dizer que, por esse motivo, só pode ser aplicado a eles (os doze e Paulo). Mas vejamos os argumentos que Cristo dá para o que Ele diz: O discípulo não está acima do seu mestre, nem o servo acima do seu senhor. Somos servos e, portanto, não estamos acima de Cristo. Logo, se o argumento é válido pra nós, a conclusão também o será: nós padeceremos aflições. E qual a causa dessas aflições? Cristo diz: O que eu lhes digo na escuridão, falem à luz do dia; o que é sussurrado em seus ouvidos, proclamem dos telhados. É exatamente pelo que devemos fazer, que é falar da Verdade aos homens, que seremos mal vistos por eles. Nenhum homem que pratica a maldade (ou seja, todos) gosta de ser contrariado; desde a queda, não gosta, porque quer que seus desejos carnais e vontades individuais sejam satisfeitos. Se condenamos tais obras más, despertamos o ódio que eles têm no coração (como um dia tivemos nós, os que hoje somos crentes).

Quem pratica o mal odeia a luz e não se aproxima da luz, temendo que as suas obras sejam manifestas.
João 3:20

Dessa forma, não podemos esperar que tudo na nossa vida seja vitória, paz e amor, se nós, pelo proceder da nossa vida, obedecendo aos mandamentos de Deus, despertamos o ódio dos homens. E se os homens não tiveram receio de afrontar o próprio Deus, na pessoa de Seu Filho, definitivamente não terão conosco, que somos meros humanos. No entanto, eu tenho uma boa notícia. Ou melhor, Cristo tem: Não tenham medo dos que matam o corpo, mas não podem matar a alma. Antes, tenham medo daquele que pode destruir tanto a alma como o corpo no inferno. Não se vendem dois pardais por uma moedinha? Contudo, nenhum deles cai no chão sem o consentimento do Pai de vocês. Até os cabelos da cabeça de vocês estão todos contados. Portanto, não tenham medo; vocês valem mais do que muitos pardais! Aqui, ele afirma duas coisas. Primeiro: a quem devemos temer mais? A Deus, que nos manda ser luz, ou aos homens, que nos mandam ser trevas? Cristo diz que é a Deus, pois é Ele quem tudo governa e pode condenar de maneira mais severa do que os homens. Os homens podem matar o corpo, como sabemos que acontece ainda hoje a muitos de nossos irmãos em países mais fechados aos Evangelho, mas Deus pode lançar à segunda morte (ao inferno) tanto a alma quanto o corpo. Por isso, temamos mais a Deus. Segundo: é justamente a soberania de Deus que nos deve aliviar a alma. Nem um pardal, que é sem valor, cai no chão sem o consentimento de Deus; assim sendo, tudo o que ocorre conosco, não estaria também sob o consentimento de Deus? E, se Deus, que nos cuida, permite, por que motivo temeríamos nós? Deus governa absolutamente todas as coisas. Portanto, não tenham medo. É a melhor motivação que poderíamos ter.

Por fim, Cristo adverte: Quem, pois, me confessar diante dos homens, eu também o confessarei diante do meu Pai que está nos céus. Mas aquele que me negar diante dos homens, eu também o negarei diante do meu Pai que está nos céus. Cabe a nós seguir a sabedoria das palavras de Cristo. Se queremos a aprovação dos homens, já temos a nossa recompensa na própria aprovação deles, e nenhuma outra nos será dada (Mateus 6.2). Mas, se queremos agradar a Deus e viver ao seu lado em paz para sempre, aceitemos as consequências em aflições e tribulações. Serão elas a prova da nossa fé. E até nosso sangue derramaremos, se necessário for. Cristo está do nosso lado.

Por | 2018-04-04T10:10:45+00:00 quarta-feira, 4 de Abril de 2018|Cristianismo, Estudos Bíblicos, Evangelismo, , Missões, Motivação, Vida Cristã, vitrine|0 Comentários

Sobre o Autor:

Pior dos pecadores alcançado pelo Evangelho de Jesus Cristo. Sonho em ser pai e sou apaixonado pelo livro de Romanos. Membro da Igreja Presbiteriana de Vitória da Conquista - BA.

SOBRE NÓS

O ministério Não Morda a Maçã está há 9 anos a serviço do Reino para inspirar adolescentes e jovens a conhecer Jesus através da leitura e revelação da palavra de Deus. Continue lendo

SE INSCREVA EM NOSSO CANAL