Peregrinos numa longa jornada

Olá, galera! Como estão? Estava pensando com meus botões – houve um post, mais precisamente o que seria o meu primeiro no Não Morda a Maçã – que acabou por não ser publicado. O motivo? Bem, não há um bem definido, mas às vezes acabo meditando, tendo ideias sobre diversas coisas, que acredito que é o que Deus pôs meu coração pra enxergar e o texto acabou ficando um pouco poético e pessoal, talvez confuso. A questão é que quero voltar ao tema dele, que é algo em que enxergo o tema da minha vida.

Naquele primeiro post não publicado, eu digitava minhas ideias sobre o que seria um peregrino diante da imensidão, numa aventura dentre perigos que nos cercam, como se desbravássemos e lutássemos a cada passo. Assim que enxergo que somos, peregrinos que, durante suas passagens, desejam imprimir a marca que um dia os marcou.

 

Como são felizes os que em ti encontram sua força, e os que são peregrinos de coração!
(Salmos, 84.5)

 

Eu vejo esse versículo como encorajador, que me faz pensar na vida como uma aventura, às vezes ela não parece mesmo o ser, mas é algo muito grandioso poder ser um peregrino de coração. É o que entendo por ter sua mente e coração voltados ao Senhor, tendo a esperança não aqui, mas no Reino celestial, sem medo do porvir, mas com fé. É nessa esperança que somos revestidos de força e nos alegramos.

 

Amados, insisto em que, como estrangeiros e peregrinos no mundo, vocês se abstenham dos desejos carnais que guerreiam contra a alma.
(1 Pedro, 2.11)

 

Meu desejo é que enquanto neste mundo eu possa realmente agir como uma estrangeira, que diz com orgulho da sua terra. Que nossa guerra não seja um fardo, mas uma satisfação de nossa alma de servir ao nosso Rei. Somos embaixadores e temos que ter claro em nossas mentes que o motivo para estarmos aqui é o de mostrar quão bom é Aquele que fez todas as coisas e que o nosso lar celestial é a melhor das moradas.

 

Fica essa meditação pra você e espero que seja crescente o sentido de ser peregrino na terra. Abaixo, a música que havia me inspirado no primeiro post – da Coeur de pirate, Pilgrims on a long journey.

 

Por | 2017-11-14T07:16:53+00:00 quarta-feira, 27 de setembro de 2017|Cristianismo, Motivação, vitrine|0 Comentários

Sobre o Autor:

Paulista, estudante e aprendiz (do que o Senhor quiser me ensinar).
Sempre fui apaixonada por escrever e isso se intensificou ~ministerialmente~ após minha conversão. Cá estou vivendo por aquele que por mim morreu, esperando o dia que nos encontraremos <3

Pra me achar, tô por aí:

projetopuritanas.com
fatorteen.wordpress.com
@mvieiracamilla (insta)

"Tudo o que fizerem, seja em palavra ou em ação, façam-no em nome do Senhor Jesus, dando por meio dele graças a Deus Pai." (Cl. 3.17)

SOBRE NÓS

O ministério Não Morda a Maçã está há 9 anos a serviço do Reino para inspirar adolescentes e jovens a conhecer Jesus através da leitura e revelação da palavra de Deus. Continue lendo

SE INSCREVA EM NOSSO CANAL