O que é Teologia Sistemática?

Graça e paz, pessoal. Vamos iniciar um projeto diferente este ano. Toda última quinta-feira do mês publicaremos posts relacionados à Teologia Sistemática. A intenção é justamente tirar a imagem de bicho de sete cabeças que essa disciplina carregou durante muitos anos dentro da própria igreja.

Há quem pense que a Teologia por si mesma é assunto só para quem é pastor ou professor de EBD. Não é bem assim. Teologia deve ser de interesse de todo bom cristão. Acredito que você não vai querer ser um crente meia-boca, então saber mais de Deus deve ser uma preocupação sua também.

Faremos textos objetivos, de fácil compreensão (não precisa ficar com medo que não usaremos um milhão de palavras em grego e hebraico para deixar o post mais requintado) e, o que é mais essencial, esperamos que você se sinta motivado a pesquisar mais sobre os assuntos tratados em livros e, principalmente, na Bíblia.

Para começar…

O que é Teologia Sistemática?

Primeiro precisamos saber o que é a Teologia. O nome vem da união de duas palavras gregas: theos (Deus) e logos (palavra, estudo). Nada mais é do que a ciência que estuda Deus, Seus atributos e Sua relação não só com o homem, mas com toda criação.

Quando falamos em algo sistemático é preciso pensar naquilo que foi organizado em um sistema para facilitar a compreensão ou o acesso. Então, Teologia Sistemática é uma forma mais minuciosa de estudarmos a pessoa de Deus e assuntos relacionados a Ele dentro da Bíblia.

A Teologia Sistemática coleta todas as informações dentro da Bíblia de um determinado assunto e as organiza de forma que se tenha uma interpretação mais clara e correta da matéria. Por exemplo, no que a Palavra fala sobre o pecado, os estudiosos reúnem na chamada hamartiologia (disciplina que estuda o pecado, sua origem e consequências). No que a Bíblia fala sobre o Espírito Santo, a Teologia Sistemática agrupa na disciplina da pneumatologia (parte da teologia que estuda a pessoa do Espírito Santo); o que ela trata sobre Jesus Cristo é reunido na cristologia, e assim por diante.

Sua importância para o cristão é facilitar a organização de aspectos sobre determinada matéria bíblica de modo que seja possível compreender o motivo de sua fé. Então todo crente que se dedica a estudar esse ramo da teologia tem maior facilidade em assimilar e repassar a outros aquilo que compõe o seu credo. Daí o cristão consegue explicar no que ele acredita e defende suas ideias com fundamento na Bíblia.

Saber a razão da sua fé é também parte do que Paulo chama de culto racional (Romanos 12.1), ao qual somos todos convidados a exercer. Estudar quem é Deus através da Bíblia é um dos passos a serem dados e nós desafiamos você a isso.

Mês que vem tem mais Teologia Sistemática descomplicada. Até lá!

Por | 2018-03-20T08:12:55+00:00 quinta-feira, 25 de Janeiro de 2018|Teologia Sistemática descomplicada, vitrine|0 Comentários

Sobre o Autor:

Seguidor de Jesus Cristo. Contínuo aprendiz da verdade revelada através da Palavra. Total dependente da graça de Deus.

SOBRE NÓS

O ministério Não Morda a Maçã está há 9 anos a serviço do Reino para inspirar adolescentes e jovens a conhecer Jesus através da leitura e revelação da palavra de Deus. Continue lendo

SE INSCREVA EM NOSSO CANAL