O cristão e a universidade

Helloooooo!

Começamos mais uma terça felizes pelo que o Senhor tem feito e cheios de expectativa pelo que Ele ainda fará. Minha oração é que desde cedo a companhia dEle seja notória pra você e norteadora de todas as suas ações.

Hoje falaremos de um tema que mexe com muitos de nós e já foi tabu por muito tempo no meio da Igreja: O cristão e a universidade. Pode o crente se aprofundar em determinada área do conhecimento sem ter que negar a fé? Estaria Deus interessado em que fossemos atuantes nas mais diversas áreas da sociedade? Por que tanta gente se desvia logo no início da graduação?

Eu já comentei um pouco disso nas entrelinhas de outros posts, mas com o início das aulas cada vez mais próximo, pensei em retomar a questão de forma mais objetiva.

Desde criança eu tinha um desejo de cursar a faculdade de Direito. Sim, eu também sempre quis ser pastora. Essas duas ideias pareciam opostas não apenas na minha cabeça, mas no discurso de todos ao meu redor. Pras pessoas já era bizarro imaginar que alguém que almeja pastorear pudesse querer se dedicar a qualquer outra coisa que não fosse o curso de teologia, ou na mente de alguns, o “simples” chamado do Senhor era suficiente para seguir essa vocação. O conhecimento técnico era supérfluo e o Espírito Santo era mais do que suficiente. Como se não bastasse isso, eu ainda por cima queria uma profissão “do satanás” (sim, eu escutei isso de algumas pessoas). “Como poderia ser advogada e crente se advogado tem que mentir?” ¬¬

Me parece claro que as pessoas esqueciam do fato de que Jesus é nosso advogado e Deus o justo juiz, mas além disso ignoravam o fato de que o próprio Deus estabeleceu leis e também permitiu que por algum tempo seu povo fosse governado por juízes. Mas isso é detalhe…haha

Quando finalmente comecei a graduação, o confronto de ideias entre o que eu creio e o que o discurso do ambiente acadêmico era constante. Algumas vezes me posicionei. Noutras, quis me enfiar debaixo da mesa. Fato é que minha fé e posicionamento estavam sendo testados.

Pela graça de Deus, e também pela ajuda de amigos que fiz num grupo de estudos bíblicos dentro da universidade, não me desviei e ainda tive o privilégio de entender que Deus tinha propósito sim em me colocar estrategicamente nessa área do conhecimento. Realmente creio que “manifestar a presença de Deus” ou “estabelecer seu Reino na terra como é no céu” passa por posicionar pessoas em todas as áreas da sociedade, sendo excelentes no que fazem e propagando o evangelho através disso.

Talvez você esteja começando agora essa jornada e se sinta forte o suficiente pra enfrentar todos os desafios da graduação, afinal você já assistiu todos aqueles filmes em que o guri defende a existência de Deus e debate com o professor a respeito disso…ahhaha Ou talvez você esteja neutro, bem camuflado no meio dos seus amigos, acreditando que pode fingir que não tem uma base de vida totalmente diferente daquela que estão “pregando” na sala de aula. Ou ainda que já seja um dos tantos que se desviaram da fé por não “achar respostas” para os questionamentos que lhe foram feitos…

Independente de qual seja a sua situação, recomendo a leitura do livro “O cristão e a Universidade” do Valmir Nascimento. Estou certa de que será uma importante ferramenta pra você. Dá uma olhada nessa resenha:

Aliás, essa é uma das novas propostas aqui no NMM. De tempos em tempos recomendaremos livros que fizeram diferença nas nossas vidas ou sobre os quais ouvimos falar muito bem e que podem ser importantes na vida de vocês.

Deus abençoe vocês!

#Atéterça

😉

Por | 2018-03-20T08:12:54+00:00 terça-feira, 6 de Fevereiro de 2018|Cristianismo, , Vida Cristã|0 Comentários

Sobre o Autor:

Crente das empolgadas, que pretende sim dominar o mundo (por que não?). Apaixonada por escrever, ler, dançar e cuidar de gente. Moro com meus pais, tenho uma irmã que é quase minha gêmea e uma sobrinha maravilhosa. Sou formada em Direito e atualmente faço teologia. E fico cada dia mais maravilhada com a forma que Deus consegue conciliar essas áreas. Luto para não ser legalista e tento matar minha carne todo dia. Convicta de que fomos #chamadosparaser a diferença no meio dessa geração e através disso fazer e corresponder a tudo quanto o Senhor planejar. Instagram: @caromenezes

SOBRE NÓS

O ministério Não Morda a Maçã está há 9 anos a serviço do Reino para inspirar adolescentes e jovens a conhecer Jesus através da leitura e revelação da palavra de Deus. Continue lendo

SE INSCREVA EM NOSSO CANAL