“Me segura”

Oi oi!

Eis nos aqui para escrever o texto de mais uma terça…aleluias!

Como alguém que nunca perde o costume, estava eu dia desses tentando resolver a minha vida sozinha, quando o Senhor fez ecoar uma frase em minha mente. Siiim, estranhamente, após anos caminhando com Cristo me pego repetindo o comportamento… hahaha (Só eu né?! Aham…)

Eu estava conversando com uma amiga e disse: “ah guria…faz dias que eu estava me segurando pra não explodir…”

Em seguida veio à minha mente a frase: QUEM ESTAVA SEGURANDO?

Respondi, também mentalmente: eu estava segurando…

“E como pode algo fraco e falho segurar ou oferecer segurança a algo ou alguém?”

Fiquei muda….e minha amiga, tadinha, demorou pra me ter na conversa novamente. Eu já estava em outra vibe. O Espírito Santo havia interrompido nossa conversa e me chamado no canto.

Eu não sei se é só comigo, mas vai chegando o final do ano e eu fico naquela mistura de sentimentos. De um lado a alegria das férias e das festas típicas desse período. Do outro um cansaço insano que te deixa sem filtro e acelerada pra resolver a vida. Tudo que não conseguiu fazer nos outros 11 meses, do nada, a pessoa quer resolver no 12º mês. Isso faz com que suas lentes fiquem embaçadas diante das circunstâncias. Tudo ganha um peso maior.

Então lá estava eu, no meio de circunstâncias bizarras, usando filtros quebrados, sendo levada aos meus limites de novo, quando tive a conversa que deu início a este post. Na mesma hora entendi que apesar de ter tempo devocional diário e discipulado, eu estava fingindo uma paz interior e domínio próprio. Eu precisava rasgar meu coração outra vez diante de Deus. Era dia de esquecer as frases bonitas e a intercessão pelas demais pessoas. Eu precisava me largar nEle! Precisava parar de esbravejar “to me segurando” (no sentido de tentando me controlar) pra passar a clamar “me segura!” (como reconhecimento de quem precisa de suporte).

Eu não sei dizer quanto tempo fiquei ali, mas minha oração era algo como: VOCÊ ME DISSE PRA NÃO FAZER NADA…E É ISSO QUE EU ESTOU FAZENDO…ENTÃO FAZ ALGUMA COISA! (Sim, eu estava gritando). Minhas palavras eram algo como “o que foi feito das promessas dadas aos nossos pais?” ou “o que foi feito das maravilhas que nossos antepassados nos contavam?”… você deve conhecer um livro de capa preta (tradicionalmente) e que traz frases semelhantes.

Depois de um período chorando em silêncio, uma série de promessas do Senhor começaram a vir a minha mente. O Consolador (João 14:26), parecia trazer a memória o que me dava esperança (Lamentações 3:21). Que alívio inexplicável! Que paz que excede o entendimento (Filipenses 4:7)!

Eu sai pela porta do lugar onde eu estava e encontrei as mesmas circunstâncias, o mesmo contexto acelerado, mas eu estava diferente. As dores no corpo e a enxaqueca me deixaram em seguida. Meu corpo estava clamando: “apenas coloque para fora! Existe um lugar de descanso próprio pra lançar cada um desses sentimentos.” Essa verdade está enraizada em meu coração e ainda assim eu demoro a fazer uso dela. Quando o fiz, a cura veio. Não estou defendendo aqui uma tese de que Deus me deu essas dores pra que eu enxergasse a necessidade de correção. Deus não precisa “me torturar” pra isso. Mas a medicina atesta que tem muita gente sofrendo com doenças inexplicáveis simplesmente porque não descobriu esse lugar de descanso, perdão e de dar o significado correto às situações.

Os dias foram passando e o Senhor começou a me mostrar que Ele estava movendo. Por vezes acreditamos que nada esta sendo feito porque temos uma ideia do que era a melhor solução para aquela situação. No entanto, os planos Dele não são semelhantes aos nossos e até o que parece ruim Ele converte em benção de forma que coopere para o nosso bem.

Minha oração é que se você chegou exausto a essa terça (Mateus 11:28), 5 de dezembro, e se identificou com esse texto, possa receber o consolo e o renovo que eu tenho recebido também. Mas lembre-se de reservar tempo pra ser de verdade diante dEle. Enquanto tentar segurar o que não tem capacidade pra resolver, não terá espaço pra receber tais coisas Dele.

Tire um tempo pra meditar nesses versículos:

“Tu conservarás em paz aquele cuja mente está firme em ti; porque ele confia em ti”. Isaías 26:3

“Pois eu sou o Senhor, o seu Deus, que o segura pela mão direita e lhe diz: Não tema; eu o ajudarei” Isaías 41:13

“Quem de vocês, por mais que se preocupe, pode acrescentar uma hora que seja à sua vida?” Lucas 12:25

“De todos os lados somos pressionados, mas não desanimados; ficamos perplexos, mas não desesperados; somos perseguidos, mas não abandonados; abatidos, mas não destruídos. Trazemos sempre em nosso corpo o morrer de Jesus, para que a vida de Jesus também seja revelada em nosso corpo.” 2 Coríntios 4:8-10

(Isso pra não citar que qualquer tribulação que nós acreditamos que passamos não se compara ao que esses caras viviam, mas pega a palavra aí e aplica pra você).

Deus abençoe vocês!

#Atéterça

😉

Por | 2017-12-04T23:49:00+00:00 terça-feira, 5 de dezembro de 2017|Devocional, Vida Cristã, vitrine|0 Comentários

Sobre o Autor:

Crente das empolgadas, que pretende sim dominar o mundo (por que não?). Apaixonada por escrever, ler, dançar e cuidar de gente.
Moro com meus pais, tenho uma irmã que é quase minha gêmea e uma sobrinha maravilhosa.
Sou formada em Direito e atualmente faço teologia. E fico cada dia mais maravilhada com a forma que Deus consegue conciliar essas áreas.
Luto para não ser legalista e tento matar minha carne todo dia. Convicta de que fomos #chamadosparaser a diferença no meio dessa geração e através disso fazer e corresponder a tudo quanto o Senhor planejar.
Instagram: @caromenezes

SOBRE NÓS

O ministério Não Morda a Maçã está há 9 anos a serviço do Reino para inspirar adolescentes e jovens a conhecer Jesus através da leitura e revelação da palavra de Deus. Continue lendo

SE INSCREVA EM NOSSO CANAL