SOBRE NÓS

O ministério Não Morda a Maçã está há 9 anos a serviço do Reino para inspirar adolescentes e jovens a conhecer Jesus através da leitura e revelação da palavra de Deus. Continue lendo

SE INSCREVA EM NOSSO CANAL

O que te falta pra crer?

Hello, gente linda! Todos bene?

Se você já leu a descrição do meu perfil ou algum dos meus textos, você sabe que sou advogada. Outra coisa que você deve saber é que advogados gostam de provas. Isso faz com que muitas vezes, após adquirir o diploma e experiência na área, eu tenha dificuldades de aplicar uma fé simples. Ainda que não fale disso o tempo todo, internamente, por vezes, fico buscando um meio de provar que aquilo de fato é real, legítimo e aplicável.
Talvez você não seja advogado, mas também enfrente o mesmo problema por outras justificativas, mas a verdade é que somos tão convencidos que achamos que as pessoas, o mundo e até Deus precisam provar para nós que estamos errados ou que Ele tem poder para fazer o que diz que irá fazer.

(Começamos batendo já, mas vai dar certo. Respira fundo e vem)

Lá vou eu abrir uma experiência pessoal para exemplificar a questão.

Eu tenho carteira de habilitação há 5 anos, mas ainda assim não dirijo. Eu poderia dar infinitas desculpas para vocês a fim de tentar justificar o fato, mas estou convencida de que eram tão rasas que não tento convencer mais ninguém com elas. A verdade é que minha briga com o volante incluía vencer o orgulho, pois não conseguia lidar com o fato das pessoas reclamando dos meus erros e algumas outras coisas ainda mais profundas que essas. Todavia, eram coisas simples de resolver. Bastava que eu me arrependesse da posição de vítima e do pecado ao qual eu estava tão agarrada e voltasse a praticar. Maaaaas (sempre tem um “mas” né?!) a zona de conforto parecia mais atraente. Foi então que determinado dia, durante o discipulado, minha pastora amada me confrontou dizendo: Caro, do que mais você precisa pra acreditar que pode dirigir? É um documento que falta? Você tem um, sabia? Você tem um documento oficial que te dá condições de dirigir.
Convencida do argumento, fiquei em silêncio e assenti com a cabeça.

Muitas vezes é exatamente assim que agimos com Deus. Ficamos esperando que Ele nos prove que podemos fazer algo ou que Ele pode. Não falo apenas de conquistas, mas de renúncias também. Achamos que nunca conseguiremos abandonar determinada prática de pecado porque estamos tão mergulhados nela e por já ser tão parte do nosso caráter, colocamos em cheque o sacrifício da cruz e agimos como se ele não fosse suficiente pra realmente nos lavar do pecado.

A questão aqui se volta também para o cenário onde relativizamos a palavra de Deus. Dizemos que cremos em Sua palavra e que temos certeza de que estamos salvos. No entanto, relativizamos tantas outras verdades que Ele deixou registradas nessa mesma palavra. Isso… você tem um documento que prova as coisas que Ele diz. Outros já fizeram, outros já estiveram neste mesmo lugar e Ele fez questão de te contar para dizer: (EM MIM) você está apto para passar por cada um desses desafios.

Eu cheguei a essa reflexão quando me questionava sobre o porquê de eu não conseguir avançar em determinadas áreas. Eu olhava para circunstâncias e seus resultados, mas não olhava para a base que estava frágil e poderia resolver tudo. Explico. Todas as vezes que alguém ministrava alguma palavra sobre paternidade, por exemplo, mesmo já tendo conversado com meus pais ou feito orações de renúncia e perdão, eu ainda não conseguia me ver como filha de Deus. Isso me incomodava profundamente. Enquanto lia a bíblia, cheguei a seguinte meditação:

Pela fé aceitamos Cristo como salvador. Esse aceitar aponta para a crença na palavra de Cristo e releva o novo nascimento. Não mais de semente corruptível (Adão), mas de incorruptível (Jesus). Antes nascidos da carne (Adão), agora nascidos no espírito (através do sacrifício de Cristo).
Esse novo nascimento gera nova identidade. Nos torna filhos de Deus. Então quando eu não aceito a paternidade de Deus ou a identidade de filha Dele, em verdade estou anulando o “poder” do novo nascimento, e por consequência, a certeza da salvação.

Entendi, com isso, que minha crise era relativa as bases da minha vida cristã.

Em resumo, talvez você esteja se batendo para resolver determinadas áreas da sua vida e apesar de conhecer os textos bíblicos de cor não consegue aplica-los. Talvez você esteja andando em círculos focado apenas na primeira parte da cura (a identificação do problema + arrependimento + perdão), mas esteja esquecendo da última: a aplicação da fé.

“Pois vocês foram salvos pela graça, por meio da fé, e isso não vem de vocês, é dom de Deus” Efésios 2:8

“Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna” João 3:16

“Pela fé entendemos que o universo foi formado pela Palavra de Deus, de modo que aquilo que se vê não foi feito do que é visível” Hebreus 11:3

“Todos vocês são filhos de Deus mediante a fé em Cristo Jesus, pois os que em Cristo foram batizados, de Cristo se revestiram”. Gálatas 3:26,27

Ele não tinha a obrigação de nos provar nada, mas deixou provas. Elas foram validadas e se demonstraram aplicáveis. Creia!

Deus abençoe vocês!

#Atéterça
😉

Por | 2017-08-19T23:53:22+00:00 terça-feira, 4 de julho de 2017|Cristianismo, Devocional, , Vida Cristã|2 Comentários

Sobre o Autor:

Crente das empolgadas, que pretende sim dominar o mundo (por que não?). Apaixonada por escrever, ler, dançar e cuidar de gente. Moro com meus pais, tenho uma irmã que é quase minha gêmea e uma sobrinha maravilhosa. Sou formada em Direito e atualmente faço teologia. E fico cada dia mais maravilhada com a forma que Deus consegue conciliar essas áreas. Luto para não ser legalista e tento matar minha carne todo dia. Convicta de que fomos #chamadosparaser a diferença no meio dessa geração e através disso fazer e corresponder a tudo quanto o Senhor planejar. Instagram: @caromenezes
  • Marina

    Lindo testemunho!!!

    • Carol Menezes

      =)