Confie no Príncipe da Paz

Marielle Rosa 10 de junho de 2017 0




Como uma resposta natural do ser humano a situações de risco ou desconhecidas, o medo parece inevitável em alguns momentos de nossas vidas. Tomar decisões importantes, assumir determinadas responsabilidades, enfrentar dificuldades ou vivenciar o novo, por exemplo, pode nos causar um receio que vai além do frio na barriga já esperado.

Nesta semana cheia de dias difíceis, o Espírito Santo me lembrou de uma lição simples, mas essencial na vida de um cristão: se nossos olhos não estiverem fitos Nele, iremos afundar. Não somente no medo, mas na dúvida, na distração, na decepção e em tudo o que sopra contra nós, tirando nossa atenção Dele e de seus propósitos.

Você provavelmente já conhece a história de Pedro andando sobre as águas, mas como a fé vem pelo ouvir [ler] e o ouvir vem por meio da Palavra de Deus, e é justamente o assunto de hoje, vamos ao texto! 🙂

Logo em seguida, Jesus insistiu com os discípulos para que entrassem no barco e fossem adiante dele para o outro lado, enquanto ele despedia a multidão. Tendo despedido a multidão, subiu sozinho a um monte para orar. Ao anoitecer, ele estava ali sozinho, mas o barco já estava a considerável distância da terra, fustigado pelas ondas, porque o vento soprava contra ele.

Alta madrugada, Jesus dirigiu-se a eles, andando sobre o mar. Quando o viram andando sobre o mar, ficaram aterrorizados e disseram: ‘É um fantasma!’ E gritaram de medo. Mas Jesus imediatamente lhes disse: ‘Coragem! Sou eu. Não tenham medo!’

‘Senhor’, disse Pedro, ‘se és tu, manda-me ir ao teu encontro por sobre as águas’. ‘Venha’, respondeu ele. Então Pedro saiu do barco, andou sobre a água e foi na direção de Jesus.

Mas, quando reparou no vento, ficou com medo e, começando a afundar, gritou: ‘Senhor, salva-me!’ Imediatamente Jesus estendeu a mão e o segurou. E disse: ‘Homem de pequena fé, por que você duvidou?’ Quando entraram no barco, o vento cessou. (Mateus 14:22-32)

Basta desviar os olhos Dele para colocar tudo a perder. É só olhar ao redor para a desesperança se instalar. Mas se formos submergidos em águas turbulentas, também podemos pedir socorro (Sl 69.1-2). Ele é fiel para nos salvar, apesar de nossa pequena fé. Ele acalma a tempestade do nosso coração. Ele desfaz todo o caos. Ele rompe o medo e cessa a dúvida. Ele nos toma pela mão e nos levanta outra vez. Ele nos guia em segurança à terra firme. E não há temporal que resista ao seu poder.

O segredo para caminharmos firmemente sobre nossas aflições é simples… nada além de manter os olhos no Mestre.

Que Deus te abençoe muito! 🙂

Mari




Deixe um comentário »