Esperança confirmada

Marielle Rosa 15 de abril de 2017 0




Certa vez, me perguntaram qual palavra eu usaria para expressar o significado da cruz de Jesus em minha vida. Penso que uma única palavra dificilmente seria capaz de resumir tamanha obra redentora, mas o desafio era dizer apenas isso. Olhar para a cruz me traz ensinamentos sobre vida, amor, perdão, fé, reconciliação e obediência, entre outros pontos, mas o que logo me veio à memória foi “esperança”. Vou te contar o motivo.

Se a nossa esperança em Cristo só vale para esta vida, nós somos as pessoas mais infelizes deste mundo. (1 Coríntios 15.19)

A mensagem cristã está diretamente ligada à morte e à ressurreição de Cristo, bem como está relacionada à ressurreição daqueles que pertencem a Ele (1Co 15.20-23). Por isso, o apóstolo Paulo afirmou aos coríntios que aqueles que não acreditavam na ressurreição também não acreditavam no evangelho, de forma que sua pregação e fé seriam vãs (1Co 15.13-14).

Deus colocou a eternidade no coração do homem (Ec. 3.11). Se vivemos para sua glória e cremos que em breve reinaremos com Ele na eternidade, tudo ganha novo sentido. E esta perspectiva de eternidade é possível graças à esperança que Cristo nos trouxe, isto é, a segurança na salvação futura.

Foi Cristo quem nos deu, por meio da nossa fé, esta vida na graça de Deus. E agora continuamos firmes nessa graça e nos alegramos na esperança de participar da glória de Deus. E também nos alegramos nos sofrimentos, pois sabemos que os sofrimentos produzem a paciência, a paciência traz a aprovação de Deus, e essa aprovação cria a esperança. (Romanos 5.2-4)

Esta nossa esperança não é embasada em pensamento positivo, desejo ou achismo, mas o próprio Espírito Santo é quem a confirma aos que creem:

Essa esperança não nos deixa decepcionados, pois Deus derramou o seu amor no nosso coração, por meio do Espírito Santo, que ele nos deu. (Romanos 5.5)

Cristo pagou nossa dívida e nos garantiu a justificação por meio da fé. Isto nada tem a ver com nossas obras e méritos, mas é pela graça que somos salvos, para que ninguém se orgulhe (Ef. 2.8-9). Se antes éramos separados de Deus por causa do pecado, agora, temos paz com Ele (Rm. 5.1). E se carecíamos de sua glória, hoje, esperamos por ela.

Portanto, cheguemos perto de Deus com um coração sincero e uma fé firme, com a consciência limpa das nossas culpas e com o corpo lavado com água pura. Guardemos firmemente a esperança da fé que professamos, pois podemos confiar que Deus cumprirá as suas promessas. (Hebreus 10.22-23)

A Esperança está vindo nos buscar! 🙂

Boa Páscoa e que Deus te abençoe muito! 🙂

Mari




Deixe um comentário »