Esforço próprio

Camilla Vieira 12 de abril de 2017 0




Por quantas vezes não quisemos superar algo e nos esforçamos muito pra isso? É algo até lógico, faz todo o sentido se empenhar pra vencer algo. Acontece que o nosso empenho, quando falamos de vida espiritual não adianta de nada quando sozinhos.

Você deve conhecer a parábola da videira (se não a conhece, leia-a em João 15). Ali diz-se, no versículo 4, que não podemos dar fruto sem estarmos com Cristo. Bem, é claro que se você estiver numa vida distante de Jesus, sem o buscar, em constante pecado você não vai conseguir fazer muita coisa mesmo, pois talvez nem ligue pra ajuda dele. Acontece que mesmo que você costume ir à igreja, orar ou fazer devocionais, você continua incapaz de fazer algo sozinho [mas provavelmente reconheça sua dependência]. Muitas vezes, da boca pra fora, diz-se “não sou nada sem Ti”,porém, é importante examinar isso dum modo prático.

 

” Pois se vocês viverem de acordo com a carne, morrerão; mas, se pelo Espírito fizerem morrer os atos do corpo, viverão. “

(Romanos 8.13)

 

Bem, é pelo Espírito de Deus que fazemos morrer o pecado em nós. Sabe quando você passa por alguma tentação e tenta se conter? Algo como “Estou ansioso! Vou me acalmar… Respira fundo!”. É, você pode até achar um foco, mas não te adianta de muito, pois o Senhor deu sua própria vida justamente pra te vivificar e pra que você não segurasse essa barra sozinho.

 

” Porque, tendo em vista o que ele mesmo sofreu quando tentado, ele é capaz de socorrer aqueles que também estão sendo tentados.”

(Hebreus 2.18)

 

Não se acanhe, não ache que é seu dever vencer o pecado pela própria força! Deus realmente quer ser aquele que te fortalece. Ser dependente de Deus é algo bom e necessário.

 

“Será que vocês são tão insensatos que, tendo começado pelo Espírito, querem agora se aperfeiçoar pelo esforço próprio? “

(Gálatas 3.3)

 

Neste trecho da carta aos Gálatas fala-se sobre fé e obediência à Lei. Antes os judeus não tinham muita perspectiva acerca da fé, pois viam-se presos à necessidade de cumprir à Lei, porém, é a fé que temos no Senhor que faz-nos capazes de obedecê-la. Não adianta pensar que é sua força que te torna digno de algo. Não! Lembre-se que você foi redimido da maldição, sua justiça é agora viver por fé.

Deus é fiel, bondoso e amoroso! Uma das coisas que percebi foi como ele cuida de nós e nos dirige pra longe do pecado ao orarmos pedindo sua ajuda. Tenha sempre em mente “Na tentação, orar é a solução.”

 

Tenha uma ótima semana!




Deixe um comentário »