O que você carrega na sua mochila?

Samuel Oliveira 12 de fevereiro de 2017 0




Paz galera, tudo bem?

Hoje vou contar uma experiência que tive aqui no Canadá e que depois Deus me ajudou a enxergar a lição e por isso achei legal compartilhar com vocês.

Uma das coisas mais difíceis sobre morar fora é como lidar com a saudade da família e dos amigos. Isso não só porque do dia-para-a-noite você está a milhares de quilômetros longe dos seus queridos, mas também porque é muito complicado fazer novos amigos num lugar de cultura diferente da sua. Mas tanto esse ponto sobre saudades e sobre novos relacionamentos são assuntos para outros posts. Graças a Deus temos conseguido fazer novos amigos, tanto brasileiros quanto canadenses, e temos mantido contato com nossas famílias com frequência, a internet ajuda muito nesse sentido. Mas vamos à experiência hehe

Bom, minha esposa teve uma excursão na faculdade dela ao qual não pude ir por estar trabalhando e lembro que naquela semana eu passei a semana toda pensando no que iria fazer depois do trabalho e até tive algumas ideias, mas o problema foi que não tinha com quem fazer. Então quando saí do trabalho, peguei minha mochila (que carrego todos os dias) e falei: vou andar pela cidade sozinho mesmo. Quem me conhece sabe que não sou muito fã de caminhadas e principalmente de frio, e naquele dia, foi exatamente isso que decidi fazer: caminhar na rua no frio (estava perto de -13C aquele dia). Só que antes de sair do trabalho, eu sabendo que iria andar, tirei todas coisas pesadas da mochila e deixei só o essencial mesmo e parti. Caminhei por cerca de umas 2h ou 3h e voltei para casa esgotado hehe

Uns dias depois, estava deitado na cama orando antes de dormir quando senti Deus falando comigo sobre aquela experiência e me ensinando algumas lições de vida a partir da minha mochila, sim Deus é extremamente criativo!

A única pergunta que me veio foi essa: o que você estava carregando na sua mochila?

E a partir daí uma série de pensamentos se iniciaram.

Naquele dia  minha mochila estava leve porque eu saba que iria caminhar, então não tinha nada além de papéis, chave de casa e outras coisas pequenas, mas geralmente carrego o computador do trabalho, caderno de anotações… Em resumo, além de me fazer pensar no que eu estava carregando, também me fez pensar no peso do que eu carregava.

Sobre peso, como eu sabia que iria andar bastante, decidi carregar pouco peso para poder aguentar a caminhada! Só que pensei: o que estou carregando na minha vida? Será que está pesado demais e não vou conseguir aguentar até o fim da minha caminhada em direção ao Céu? Pense nisso…

Depois sobre o que eu carregava, me fez pensar que na mochila eu só tinha coisas essenciais para a viagem. Só que e na vida, será que só carrego coisas essenciais para me ajudar na jornada até a eternidade com Cristo?

Refleti nesses dois pontos e te encorajo a refletir também.

O que carregamos vai, literalmente, definir o peso em nossas costas/vidas e isso estará totalmente relacionado com a nossa capacidade de concluir a caminhada ou não!

Então: o que estamos carregando? E mais, se sabemos que nossa caminhada é longa, porque então decidimos levar coisas que são pesadas demais?

Será que a falta de perdão tem sido um pesado fardo em nós? Será que o medo de algo tem nos mantido parados no mesmo lugar?
Será que alguma frustração que começou pequena hoje após anos remoendo aquilo se tornou algo que tira até nosso sono?
Será que o pecado é um peso tão pesado que não só nos atrasa na caminhada, mas como também muda o nosso destino?

Entendeu o ponto?

Independentemente do que de ruim que estamos carregando, Jesus nos diz isso:

“Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei.” Mateus 11:28

Querido(a),

Sinceramente não sei quais são os pesos que você vem carregando na sua “mochila”, mas Deus sabe e Ele quer te aliviar!!!! Nossa caminhada é longa e não dá para ficarmos carregando coisas que não são úteis para nós na jornada, por isso, se te falta perdoar, perdoe!
Se te falta superar uma experiência ruim, ore, converse com alguém e siga em frente!
Se te falta perdão de pecados, lembre-se que Deus é um Deus misericordioso e rápido em nos perdoar e aceitar! Ele não muda nunca e isso significa que Seu amor por nós não muda independente do nosso pecado, e o principal: Ele não desiste de nós!

Jesus tem um fardo leve para nós, nEle não há acusação, culpa, pecado… Só precisamos decidir trocar nossas inseguranças, falhas e medos pelo fardo dEle!

Espero e oro para que Deus tenha te tocado através dessa palavra, mas mais ainda, para que você deixe as coisas que não são boas para você e continue caminhando em direção ao alvo! Estamos juntos nessa caminhada, não vamos desistir nem olhar para trás, amém?!

Deus te abençoe poderosamente e até a próxima!

Se puder, lembre de nós em suas orações!

Abração!
Com Amor,
Samuel Oliveira
Instagram: @samu_oliveira
Twitter: @samu_oliveira
Snapchat: samu.oliveira10
Facebook: facebook.com/sandreoliveira




Deixe um comentário »