Comparação

Carol Menezes 29 de novembro de 2016 0

comparacao_opt

Buenos dias, people! Agora um poema (ahahahaha brincadeira, mas é sério)

Compara. Não para. Se para.

Não entende. Se prende. Não vê.

Quer ter. Não compreende. Se vende.

A ilusão cega. Se nega.

Para.

Arrepende. Vem e vê. 

Tem história exclusiva. Maravilha. Queira ser!

Normalmente essa palavra que dá título ao texto tem conotação negativa, pois é usada para supervalorizar um e menosprezar outro.

Participando de um curso na semana passada, o instrutor disse: o único tipo de comparação que você deve fazer é aquele que você olha para quem você era e compara com quem você é hoje. Assim você tem o benefício de poder ser grato pelo que Deus tem feito em ti.

Pensei: Uau! Então comparação pode ser bom!

E não é que essa coisa toda era bíblica?! Aliás, dificilmente você vai achar uma situação em sua vida em que a bíblia não se aplique. Eu pelo menos não conheço nenhuma.

Vejamos alguns exemplos equivocados de comparação:

  • João 21:15-22. – Jesus estava conversando com Pedro e, para cada uma das vezes que ele negou o Cristo, dava a ele uma palavra de encorajamento e direção. No meio disso, Pedro resolve comparar sua vida com os demais:

Pedro voltou-se e viu que o discípulo a quem Jesus amava os seguia. (Este era o que se inclinara para Jesus durante a ceia e perguntara: “Senhor, quem te irá trair? “). Quando Pedro o viu, perguntou: “Senhor, e quanto a ele? “. Respondeu Jesus: “Se eu quiser que ele permaneça vivo até que eu volte, o que lhe importa? Siga-me você”. (Versículos 20 a 22)

 As coisas já não estavam muito boas pro lado dele, foi se comparar com outros… levou uma invertida! Hahaha (Essas horas eu fico aliviada de não ser a única a precisar de puxões de orelha hahah).

  • Lucas 10:38-42 – Eu normalmente fico do lado da Marta, mas nessa reflexão sobre comparação, não deu.

Marta, porém, estava ocupada com muito serviço. E, aproximando-se dele, perguntou: “Senhor, não te importas que minha irmã tenha me deixado sozinha com o serviço? Dize-lhe que me ajude!”. Respondeu o Senhor: “Marta! Marta! Você está preocupada e inquieta com muitas coisas; todavia apenas uma é necessária. Maria escolheu a boa parte, e esta não lhe será tirada.

 Agora exemplos de comparação que funcionam:

  • “Meus ouvidos já tinham ouvido a teu respeito, mas agora os meus olhos te viram”. Jó 42:5

  • “Quando eu era menino, falava como menino, pensava como menino e raciocinava como menino. Quando me tornei homem, deixei para trás as coisas de menino”. 1 Coríntios 13:11

  • Um dos meus preferidos nesse sentido: “embora eu mesmo tivesse razões para ter tal confiança. Se alguém pensa que tem razões para confiar na carne, eu ainda mais: circuncidado no oitavo dia de vida, pertencente ao povo de Israel, à tribo de Benjamim, verdadeiro hebreu; quanto à lei, fariseu; quanto ao zelo, perseguidor da igreja; quanto à justiça que há na lei, irrepreensível. Mas o que para mim era lucro, passei a considerar perda, por causa de Cristo. Mais do que isso, considero tudo como perda, comparado com a suprema grandeza do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor, por cuja causa perdi todas as coisas. Eu as considero como esterco para poder ganhar a Cristo e ser encontrado nele, não tendo a minha própria justiça que procede da lei, mas a que vem mediante a fé em Cristo, a justiça que procede de Deus e se baseia na fé. Quero conhecer a Cristo, ao poder da sua ressurreição e à participação em seus sofrimentos, tornando-me como ele em sua morte para, de alguma forma, alcançar a ressurreição dentre os mortos. Não que eu já tenha obtido tudo isso ou tenha sido aperfeiçoado, mas prossigo para alcançá-lo, pois para isso também fui alcançado por Cristo Jesus. Irmãos, não penso que eu mesmo já o tenha alcançado, mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que ficaram para trás e avançando para as que estão adiante, prossigo para o alvo, a fim de ganhar o prêmio do chamado celestial de Deus em Cristo Jesus. Todos nós que alcançamos a maturidade devemos ver as coisas dessa forma, e se em algum aspecto vocês pensam de modo diferente, isso também Deus lhes esclarecerá. Tão-somente vivamos de acordo com o que já alcançamos”. Filipenses 3: 4-16

Minha oração é que vocês não permitam que a comparação roube a individualidade de vocês. O plano singular de Deus pra cada um.

A imagem do post faz referência ao filme “Moda Amarela” do Smilingüido (saudades infância). Esta é a história de um grupo de formigas, que ao perceber que a Rainha havia elogiado o Smilingüido por suas botinhas amarelas, desejaram ser iguais a ele. Elas deram um jeito de ficar como o Smi, mas nisso perderam sua identidade e causaram um grande problema no formigueiro.

comparacao-2_opt

Tenho meditado a respeito de comparação. Isso tudo começou quando um dia eu estava orando naquela vibe “Senhor eu queria tanto ter tal coisa….”, e o Espírito Santo me questionou: e queria por que? Para ser igual? (Ai!)

Engoli o choro, respirei fundo, me arrependi e disse: Senhor, eu sei que você tem tempo para todas as coisas… me perdoa por querer que minha história seja como das outras pessoas, sendo que o Senhor tem uma exclusiva para mim.

Ó profundidade da riqueza da sabedoria e do conhecimento de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e inescrutáveis os seus caminhos! “Quem conheceu a mente do Senhor? Ou quem foi seu conselheiro?” “Quem primeiro lhe deu, para que ele o recompense? ” Pois dele, por ele e para ele são todas as coisas. Romanos 11:33-36.

Pare de achar que sabe dizer a Deus como deve ser a sua vida. (Vale pra mim também!)

Todas as coisas, quer dizer o que? Isso mesmo, todas as coisas. (hahahha) Significa que cada uma das suas características pessoais, situações vivenciadas e circunstâncias em que se encontra, são Dele e para Ele.
Permita que Ele te mostre a perspectiva dEle sobre a sua história.

Deus abençoe vocês!

#Atéterça.

😉





Deixe um comentário »