SOBRE NÓS

O ministério Não Morda a Maçã está há 9 anos a serviço do Reino para inspirar adolescentes e jovens a conhecer Jesus através da leitura e revelação da palavra de Deus. Continue lendo

SE INSCREVA EM NOSSO CANAL

Seus dias estão contados!

seus-dias-estao-contados_opt

Hello! Todos bene?

Eu amo ler e costumo ter um plano devocional diário, mas eu me divirto mesmo nos dias em que o Espírito Santo faz ecoar um versículo específico em minha mente. É como se Ele quisesse me contar um segredo e eu tivesse que seguir as pistas dos pedacinhos de história que Ele me traz, até chegar a este tesouro.

Vamos ao de hoje:

“O coração do sábio está na casa onde há luto, mas o dos tolos, na casa da alegria. ” Eclesiastes 7:4

WHAT?! Sim, existe aprendizado por aqui. Vem comigo!

Nos últimos meses, eu e minha família perdemos amigos importantes. Pessoas que marcaram nossa história e das quais tivemos dificuldades em nos despedir. Mas uma coisa que já reparei quando estou em situações como essas, é que esses são os momentos em que escolhemos pensar no que de fato importa. É a hora em que nos deparamos com uma das verdades mais antigas que temos: a vida é frágil! É a hora em que conseguimos esquecer qualquer picuinha que tenha ficado pelo caminho e apenas resgatamos momentos em que fomos ajudados, amados ou encorajados por essas pessoas. É como se nossa alma dissesse: precisamos achar algo de bom nessa perda… Qual o legado que fica? É um momento em que também pensamos nas coisas com as quais gostaríamos de ter investido mais tempo e, não poucas vezes, provoca tamanho rebuliço em nossos corações que saímos de lá totalmente diferentes da forma como chegamos.

Voltemos um pouco no tempo…

Em 2014, eu tive muitas dores de cabeça e por vezes elas se estendiam pelo rosto e o braço esquerdo. Dei continuidade ao acompanhamento com o ortopedista a fim de verificar se as dores não estavam relacionadas a outro problema pré-existente, um desvio na coluna por má postura. Com a repetição dos episódios, o pessoal do trabalho recomendou que eu fizesse exames específicos. No fim das contas, fui parar numa clínica para fazer uma ressonância de crânio e outra de coluna.
Ao pegar os resultados, eu abri (não façam isso em casa) e, no alto do meu conhecimento jurídico, li o diagnóstico médico. (Que? Isso mesmo). Lá dizia que eu tinha um cisto, bem no meio do meu cérebro e digno da avaliação do Dr. House. Paralisei, chorei. Sabia que cisto não era bom. Liguei pro meu médico e ele disse que eu entendi corretamente, mas que ele não era especialista nisso, então não podia me dizer se isso era realmente tão grave quanto parecia ou apenas um sustinho.

Além de vários outros ensinamentos que tirei disso, uma das primeiras coisas que eu pensei foi: E SE EU TIVER COM OS MEUS DIAS CONTADOS? O QUE EU TO FAZENDO DA MINHA VIDA? EU FIZ MEUS DIAS VALEREM A PENA?

Dai eu fiz um plano (sim, eu sempre tenho um plano! Hahaha) do que eu faria do restante dos meus dias se eles estivessem próximos do fim. Eu sairia do meu trabalho (que era excelente em todos os aspectos, mas que não me dava liberdade de horário para fazer tudo o que eu achava necessário para o fim dos dias), eu dedicaria minhas horas a trabalhos voluntários e a gastar tempo com pessoas que eu amo, etc.

Eu não fiquei desesperada pensando que não havia dado tempo de casar, salvar minha família toda, comprar aquele carro ou aquela bolsa…. Eu só queria ter certeza que percorri a carreira e guardei a fé.

Passados alguns dias em que eu vivia praticamente de luto, tentando não desanimar e confiar que Deus podia fazer algo extraordinário no meio daquilo tudo, a família e meus pastores orando e tentando me dar palavras de ânimo, consegui uma consulta com o especialista e ele me disse que eu não tinha motivos pra me preocupar. Que aquele cisto nasceu comigo e vai morrer comigo, mas não morrerei por causa dele. (Posso ouvir um “glória”, Igreja?). Que as dores de cabeça provavelmente eram resultado de estresse e eu deveria mudar alguns hábitos.

Conversando com minha psicóloga na época, ela fez A pergunta: e por que você só dedicaria sua vida a todas essas coisas se tivesse com seus dias contados? Por que você não dá novo norte pra sua vida hoje, sabendo que pode fazer tudo isso? Afinal, seus dias estão contados! Todos eles já foram escritos. (Sim, ela é crente..rs)

“Ensina-nos a contar os nossos dias para que o nosso coração alcance sabedoria”. Salmos 90:12

“… todos os dias determinados para mim foram escritos no teu livro antes de qualquer deles existir”. Salmos 139:16

Creio que um dos maiores problemas dos nossos dias é que somos cristãos que pregamos que Jesus voltará a qualquer momento, mas não vivemos essa verdade. Descansamos na nossa rotina, levamos a vida com a barriga e não damos significado e relevância aos nossos dias. Existe um reino para ser manifesto. Existe um evangelho a ser proclamado, vivido!

O que você tem feito com os seus dias?

É louco demais observar tudo o que Deus fez em mim desde esse sustinho. Eu corro ainda mais rápido. Não como quem não tem alvo, corro pra cumprir a carreira, corro a fim de conquistar a coroa que dura para sempre.

Perdas nunca são fáceis de assimilar. Sustos como o que eu citei também não. Mas tire algo de bom disso tudo. Perceba que Ele deseja te fazer pensar sobre o propósito de estar aqui. Ele deseja todos os dias te mostrar quem Ele é, pra que nEle você descubra quem é você e assim possa marcar esta geração com a Sua palavra.

Deus abençoe vocês!
#Atéterça
😉

Por | 2017-08-19T23:53:35+00:00 terça-feira, 22 de novembro de 2016|Cristianismo, , Meu Futuro, Motivação, Vida Cristã, vitrine|8 Comentários

Sobre o Autor:

Crente das empolgadas, que pretende sim dominar o mundo (por que não?). Apaixonada por escrever, ler, dançar e cuidar de gente. Moro com meus pais, tenho uma irmã que é quase minha gêmea e uma sobrinha maravilhosa. Sou formada em Direito e atualmente faço teologia. E fico cada dia mais maravilhada com a forma que Deus consegue conciliar essas áreas. Luto para não ser legalista e tento matar minha carne todo dia. Convicta de que fomos #chamadosparaser a diferença no meio dessa geração e através disso fazer e corresponder a tudo quanto o Senhor planejar. Instagram: @caromenezes
  • Simplesmente amei, Carol! Que texto abençoador… Grande Bj! 😉

    • Carol Menezes

      =D que bom que gostou, Tais!
      Glória a Deus.
      beijos!

  • karina

    Ameeeeeeeeeeeeeei!!!

    “Eu só queria ter certeza que percorri a carreira e guardei a fé.”

    • Carol Menezes

      É quando nos damos conta do que de fato importa! =D
      Fico feliz que tenha gostado, Karina.
      beijos!

  • Samuel

    Muito boa sua reflexão, Caro. Já tive experiências/sustos parecidos com o seu e essa reflexão sempre vinha a tona, mas para ser sincero com o tempo eu calmamente me esquecia da urgência de viver com um propósito. Sempre bom ser relembrado disso.

    Valeu e Deus te abençoe!
    Samu

    • Carol Menezes

      Sim! Por isso é importante trazer a memória o que Ele tem dito e feito, como escrevi num post anterior. Isso gera em nós gratidão e posicionamento. Dessa forma, dificilmente precisaremos repetir as lições. =)

  • Samuel

    PS: depois sou eu quem escreve a “Bíblia” né
    Kkkkkj

    • Carol Menezes

      hahahah sou dessas tbm!O Ortega me disse: Vc só não pode escrever mais que o Samuel. hahaha