Do cachorro quente ao Banco. Passado: Amigo ou Inimigo?

Samuel Oliveira 20 de novembro de 2016 7

Paz galera, tudo bom?

15 dias atrás voltei a escrever aqui no blog e fiquei muito, muito feliz mesmo com o feedback que vocês deram, falando que sentiram saudades, que gostavam dos posts, que fiz falta por aqui… Não faço o que faço aqui no blog para ter este tipo de retribuição, mas gosto muito quando vocês comentam, me incentiva ainda mais a continuar me dedicando e deixar Deus me usar para abençoar vocês! Muito obrigado!!!!

🙂

Então seguindo esta linha trago hoje mais um post que espero que toque o coração de vocês e te abençoe de alguma forma!

Ah, antes de continuar quero falar dos vídeos, sim, gravei alguns testes, mas não ficaram bons para serem postados, preciso aperfeiçoar a técnica e dar um jeito de editar para deixar bem legal para vocês! Mas não esquentem, uma vez com esses detalhes ajustados a “máquina vai trabalhar a todo vapor”! rsrs

download_520x350

No post de hoje quero trazer outra lição que já sabia, mas que foi reforçada nesse tempo que estou morando aqui no Canadá: que nosso passado pode ser um catalisador do nosso futuro!

Quem já se aventurou e morar em outro país sabe o quanto é difícil de conseguir um trabalho na sua área de formação, tenho conhecidos que estão a mais de 1 ano procurando trabalho em suas áreas e nada de conseguirem! Quando cheguei aqui achei que seria mais fácil de conseguir um bom trabalho, mas não foi! Além de ter de aprender a dinâmica do mercado de trabalho aqui, que é bem diferente do nosso, você tem de se adaptar e conseguir um jeito de ter uma experiência de trabalho aqui para que as empresas passem a te enxergar. Mais só esse assunto dá um bom vídeo, e já está na minha lista para fazer.. aguardem.

O ponto é: quando cheguei procurava emprego na área em que gosto de trabalhar e que vinha trabalhando pelos últimos 6 anos no Brasil. Mesmo tendo uma boa experiência e mandando mais de 200 currículos não consegui nenhum resultado, nem uma única entrevista!

Foi então que comecei a expandir minha área de busca, passei a usar outras experiências de trabalho que tive no Brasil para ver se teria mais resultado e tive. Durante uma conversa com uma professora que tive aqui, ela comentou que seu marido era brasileiro e que tinha trabalhado em banco no Brasil, como eu, que estava trabalhando em banco aqui e que o banco iria contratar temporários para a alta temporada aqui. Não pensei duas vezes e pedi o contato dele, fiz a abordagem e ele me incluiu no processo de contratação. Fiz a entrevista e fui contratado, graças a Deus! Era uma vaga de 6 meses apenas, não era na minha área mas mesmo assim aceitei, porque iria me dar a experiência canadense, iria me ajudar nas contas mensais e eu ia fazer novos contatos, aprender novas coisas… Bom, não é? Eu diria que foi ótimo, com apenas 3 meses conseguir este tipo de trabalho numa empresa como esta não é qualquer hora que acontece!

Sei que foi Deus que me abriu a porta, mas fiz minha parte e essa também é assunto para outro post/vídeo, mas o ponto aqui hoje é: se eu não tivesse olhado para trás e considerado minha experiência de banco no Brasil eu não teria conseguido esse trabalho e provavelmente ainda estaria procurando!

As vezes nós não damos valor para as coisas que vivemos hoje, mas não sabemos se um dia elas nos serão úteis no futuro!

Então hoje, te encorajo a pensar em como você trata o seu passado, pode ser profissional, pessoal, sentimental… E tentar se resolver com as coisas não resolvidas que ficaram para trás! Mesmo as coisas ruins que aconteceram tem de ser levadas em conta como lições que passamos, erramos, falhamos mas tomamos nota para não se repetir no futuro, para corrigir, aperfeiçoar e melhorar quem você é como pessoa, cristão, companheiro, irmão, marido, profissional…

Não importa se te machucaram, se você estava certo, se a razão era sua… As pessoas podem ter errado sim, mas a decisão de não deixar que isso te afete muito é totalmente sua! Você só vai continuar machucado(a) se você quiser ou não fizer nada para consertar os erros, se colocar em pé de novo e ir para frente!

Não falei antes, mas meu tempo de banco no Brasil me renderam 12h, 13h de trabalho quase todos os dias e uma bela duma gastrite! Mas eu decidi levar a experiência como algo positivo na minha carreira e aprender ao máximo que podia, e foi o que fiz e o resultado foi me abrir uma porta aqui no Canadá bem na hora que eu precisava!

O mesmo aconteceu com quando eu vendia cachorro quente com meus tios na porta de uma faculdade quando era adolescente, fiz isso por quase 2 anos ganhando R$25,00 por semana, indo trabalhar de noite de bicicleta na chuva, frio, sol e calor e estudando no dia seguinte de manhã num curso onde cheguei a ter 18 matérias no mesmo ano.

Podia ter decidido esquecer essa experiência, mas em 2007 quando tive a chance de ir num projeto missionário, mas não tinha tanta grana para ir o que eu fiz? Juntei a galera e fomos vender cachorro quente na Igreja para levantar verba para nossa viagem! Fomos! O resultado? Bom, se você conhece minha história sabe que foi num projeto missionário que conheci minha esposa, e como eu só fui em 1 projeto missionário… acho que você captou a ideia! hehe

Entende agora o título do post?

Querido(a),

Não deixe seu passado ser uma âncora na sua vida! Se algo te faz mal ainda hoje, analise o que é e busque resolver, Deus cura as marcas do passado em nossas vidas e mais, Ele não se lembra então porque nós deveríamos ficar remoendo??? Perdoe os outros e mais, se perdoe! Se você tem dificuldades nessa área, tenho dois posts que podem te ajudar: veja aqui e aqui.

E se você acha que faz algo “inútil” hoje, tente encarar que um dia isso pode te ser útil numa outra oportunidade no futuro! Aprenda tudo o que der, dê o seu melhor e mesmo que não tenha tanta recompensa hoje, você levará as lições para aplicar em outras coisas no futuro… e quem sabe você não conhece a varoa (ou varão) numa dessas? Ou até consegue um emprego melhor? Ou até… quem sabe…

Amém?!

Tenho vivido minha vida nesse estilo e não me arrependo! Aprendi a dar meu 100% independente de para quem, do que estou fazendo e do que vou ganhar com isso. No fim, você percebe que quase sempre é possível ganhar algo quando você não tem olhos fixos só no financeiro…

Eita, outro post enorme, bem maior do que imaginava.. mas amém, espero que tenha te ajudado! Pense nisso nesses próximos 15 dias até meu próximo post aqui, pretendo falar de do seu posicionamento para 2017 (se Deus não colocar outra coisa na minha cabeça maluca, rsrs)

Seu passado pode ser seu inimigo e matar o seu futuro ou pode ser seu amigo e catalisar oportunidades no futuro, a escolha é sua!

Ok?

Fique com nosso JESUS lindo e cherosão! E até a próxima…

Abração!
Com Amor,
Samuel Oliveira
Instagram: @samu_oliveira
Twitter: @samu_oliveira
Snapchat: samu.oliveira10
Facebook: facebook.com/sandreoliveira





7 Comentários »

  1. Mozart remigio 21 de novembro de 2016 às 7:13 - Reply

    Ótimo post Samuel! É sempre bom ver como Deus cuida de cada detalhe de nossas vidas… Sua Palavra nos garante isso, e nos renova a fé ver histórias disso na prática.

    • Samuel Oliveira 28 de dezembro de 2016 às 20:14 - Reply

      Show né? Deus é top!!!

      Tamo junto mano!!
      Abraços

  2. Camilla Vieira 23 de novembro de 2016 às 18:59 - Reply

    Ótimo texto, irmão!
    Deus é maravilhoso e detalhista, de fato! Faz planos como ninguém, então o melhor pra gente fazer é viver por Ele (cl.3.23) e depois com o que acontecer a gente junta as peças!

    • Samuel Oliveira 28 de dezembro de 2016 às 20:13 - Reply

      Isso aí, Ca! Valeu pelo comment!!!

      Deus abençoe e tamo junto!!

  3. Alyne 4 de dezembro de 2016 às 14:48 - Reply

    Oi! ótimo texto, que Deus continue O abençoando!

    • Samuel Oliveira 28 de dezembro de 2016 às 20:14 - Reply

      Glória a Deus!

      Abraços

  4. Camila 2 de janeiro de 2017 às 8:54 - Reply

    Que legal ler este texto hoje. Eu precisando de palavras espirituais para a minha vida profissional e você testemunhando. Obrigada!

Deixe um comentário »