Um café e uma oração, por favor!

Marielle Rosa 12 de novembro de 2016 2

um_cafe_e_uma_oracao

Amanhece mais um dia, penso na lista de afazeres que tenho pela frente e vejo na internet se o mundo continua no lugar – apesar dos acontecimentos e atrocidades que assistimos nos noticiários. Me arrumo atenta ao relógio, que mostra que já estou ficando atrasada e preciso trabalhar. Chegando lá, um “bom dia” para todos, planejo o que tenho de fazer e sigo a pauta. Tudo certo.

É só mais um dia comum, aparentemente, sem grandes novidades. Parece estar faltando algo, mas tento me convencer de que deve ser apenas impressão. As horas passam e entendo, enfim, que realmente eu deixei algum “ingrediente” de lado nesse dia borocoxô e mal-humorado. Confesso que estava tudo bem estranho e triste, até o momento em que resolvo respirar fundo e pedir: “Espírito Santo, por favor, me ajude”.

Imediata e graciosamente, Ele me lembra: “Por que você ainda não orou hoje?” Ops! Ele estava me mostrando isso o tempo todo e não percebi. Começo a pensar em como eu pude, como uma filha que depende do Pai, viver meu dia até então sem conversar com Ele, sem ouvi-lo. Não faz sentido.

As misericórdias do Senhor renovadas sobre nós a cada manhã não nos deixam ser consumidos (Lm. 3.22-23). Ele nos guarda do mal (2Ts. 3.3) e é longânimo, bondoso, generoso e fiel, mesmo em nossos momentos de desatenção e falhas. Mas uma oração sincera muda nosso dia. A oração submete nossas vontades à vontade Dele, que é boa, perfeita e agradável – e, cá entre nós, um coração rendido a Ele evita muitos problemas.

Posso orar e, ainda assim, enfrentar alguma dificuldade durante meu dia. Afinal, no mundo, temos aflições (Jo. 16.33). Porém, a consciência da presença de Deus e a rendição a Ele mudam minha forma de reagir às situações.

Embora eu considere importante começar meu dia falando com Ele, por vários motivos, a questão aqui não é orar pela manhã, à tarde ou à noite; por alguns minutos ou algumas horas; no quarto ou na igreja. Apenas quero te lembrar de que cuidar de nosso interior – oração, Palavra e meditação – diariamente é tão essencial quanto alimentar nosso corpo (Dt. 8.3; Mt. 4.4).

No início deste ano, passei por um clínico geral para fazer alguns exames simples de rotina e ouvi um conselho que já sabia, mas não esperava ouvir do médico. “Você precisa de três coisas: alimentação balanceada, exercícios físicos e cuidar de sua alma. Orar ou sei lá…”, sugeriu o doutor, enfatizando que esses cuidados se complementam e são igualmente necessários para uma pessoa se manter saudável. E o melhor: orar não tem contraindicações nem efeitos colaterais. 😉

Está planejando seu dia? Conte com a ajuda Dele! Ele é o melhor roteirista e também tem as melhores ideias quando as situações fogem de nosso script. 🙂

Que Deus te abençoe muito!

Até logo,

Mari

2 Comentários »

  1. Mozart Remigio 15 de novembro de 2016 às 20:10 - Reply

    Ótimo texto Mari!
    O dia é realmente diferente quando começamos ao lado Dele… nada melhor que sua presença

    • Marielle Rosa 16 de novembro de 2016 às 7:48 - Reply

      Obrigada, mano!
      Você tem razão. Ele é nossa melhor companhia! 🙂
      Que Ele te abençoe!

Deixe um comentário »