Eu amo ou sou apaixonada(o) ?

Fernando Ortega 7 de outubro de 2009 76

E ae cambada!!! Tudo numa nice???
Hj é quarta e eu to contando os dias pra chegar sexta! É pq vou viajar pra ver a Fran!!! Aeeeeeee!!! Aleluia 7x!
Estou feliz pq o meu testemunho tem abençoado o pessoal :D Glória a DEUS q dá graça e força! A partir dele dá pra entender o pq sou tão apaixonado por ELE!!! Woohooo!! JESUS é “O CARA”!!

Oiéisss…Vamos ao post!

89738640

Sabe, eu recebo milhares de comentários aqui no blog falando coisas como:
“Eu o amo demais….”
“Eu realmente a amo….”
“Nossa, eu nunca amei ninguém assim….”
“Bla, bla, bla, amo, amo, amo…….”

Mas o q acontece é q são de pessoas simplesmente namoram!!! (e olha lá…) E qndo estão namorando, é um relacionamento de menos de 1 ano! Acho q muitos estão perdidamente apaixonados e acham q amam…..
Para amar, é preciso muito mais de mais de 1 ano! Escutei na Sexxxchurch q um casal aprende a se amar mesmo com 7 anos de casado!!! Acredito q para amar mesmo, precisamos estar conscientes de todos ou a maioria dos defeitos do cônjuge. Vou explicar melhor:

“O mundo destruiu a essência da palavra AMOR!”
Foi isso q disse a Fran! Acho q a mulher tem uma carência por ouvir de seu amado: “Eu te amo meu amor!” (não é verdade meninas?). É engraçado pq eu não preciso ouvir “te amo” com tanta frequência da Fran. Eu acredito no amor dela e sou feliz por isso! Em compensação, a validade do “eu te amo” meu é de 7 horas! hauahuahuahuh!!! TE AMO FRAN! :D
De qqer maneira, demorei mais de 7 meses pra dizer a Fran q a amava. Pq? Responderei como disse a ela:

- Sabe pq nunca disse q te amo?
- Pq?
- Hj em dia, a expressão “eu te amo” perdeu totalmente a seu verdadeiro significado. Inventam o famoso “amor a 1º vista”, dizem “eu te amo” logo de cara e cantam músicas ridiculas (especialmente os sertanejos) q misura amor com paixão!
É muito fácil ser impulsionado por uma emoção, por um momento, pelo olho no olho, a dizer um “eu te amo”. Dizem isso e no dia seguinte precisam da mesma emoção para poder dizer “eu te amo”.  Ou seja, só se diz “eu te amo” qndo EU sinto algo junto com vc.
Não quero dizer isso da boca pra fora. Qndo eu dizer q te amo, será de meu coração e não impulsionado por uma simples emoção!

90419997Resumindo, o q quis dizer é q vemos q o “eu te amo” está mais para um “eu ME amo” do q “eu TE amo”. Pq? Pq preciso q a outra pessoa gere um sentimento, uma emoção, um delirio dentro de mim e impilsionado por ele é q digo “te amo”! E isso na realidade é PAIXÃO! Amamos a pessoa ou aquilo q ela proporciona em nós? O foco está em mim mesmo, em minhas emoções, em minhas sensações….. Se ela faz meu coração bater mais forte, então digo “eu te amo” mas se ela me faz algum mal, já não amo mais….

Sabe, pensando como vejo o amor hj, acho q mesmo qndo falei q amava a Fran depois de 7 meses, na verdade não a amava. HOJE, depois de 3 anos de alegrias, choros, orações, decepções, vitórias, etc… eu sei q a amo como nunca jamais amei ninguém! Passamos por muitos momentos absurdamente malucos! Por exemplo:
56443554Eu sendo chileno, quase fui deportado!!!! Tinha um mandato de 8 dias para deixar o país! Como sempre, DEUS estava segurando minha mão direita, mas quem estava segurando minha mão esquerda? Sim, a Fran! Nós choramos no meio da rua em frente nas escadas de um banco. Momentos como esse é q me permitem dizer: “Fran, te amo muito querida! Te amo menos q amanhã e mais q ontem!”
Obs. Pra vc q ficou com a pulga atrás da orelha, vou contar melhor essa história na continuação do meu testemunho! ;)

Muitas pessoas confundem amor com paixão e realmente é difícil distinguir as vezes.

Analisando friamente:
Paixão: Busca através de alguém (ou algo) satisfazer minhas carências e necessidades.
Amor: Busca DAR a alguém o suprimento de suas necessidades!

Certa vez, minha melhor amiga, se envolveu em um relacionamento. Eu tinha conversado com ela dizendo q não aprovava mas, raramente se escuta alguém qndo se está apaixonado.
Após um tempo, ela terminou e ficou com algumas marcas. Ela esperava da minha parte q eu ficasse contra o cara, posição essa q não tomei. Devido a essa postura minha, ela falou um monte pra mim. Coisas como eu não ser um verdadeiro amigo, não ajudá-la, etc, etc, etc… Ficou ali falando um monte de coisas sobre mim. Eu tinha 2 opções: Ficar chateado, chorar e brigar com ela ou responder como respondi:

- Ok! Descarrega tudo o q está em seu coração! Pode me xingar, pode me bater. Não há nada q vc faça q mude meu amor por vc. Sou eu q vou te suportar e te ajudar. Quer brigar com alguém? Brigue comigo! Pq eu q vou ter q te dar suporte agora.

Ela então reconheceu e me abraçou chorando. Claro q falo aqui de uma situação de amigos mas, o conceito de amor é o mesmo.
A biblia diz e vc conhece:

I Corintios 13:4-7
O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.
Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;
Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;
Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

Poderia falar de cada detalhe, não é invejoso, não se ensoberbece, não se irrita…..etc, mas quero me atentar para: “não busca os seus interesses“.

Se naquela situação com a minha amiga eu estivesse pensando em meus interesses, eu simplesmente viraria as costas e só falaria com ela qndo me pedisse perdão, afinal ela “ME agrediu verbalmente!!! E ainda mais eu, q tanto a amo….
E é agora q vem a maior revelação: O amor NÃO é um sentimento! Amor é RAZÃO!

Antes de vc se abaixar pra pegar pedras e me apedrejar, ou preparar seus dedos pra postar um comentário contrário, deixe-me explicar:

1º- No exemplo da minha amiga, se eu não RACIOCINASSE, q ela estava mal por causa do término e q precisava desabafar com alguém, eu jamais poderia agir como agi. Ignorei completamente o sentimento q suas palavras poderiam me causar e me atentei à sua necessidade. (foco nela não em mim) Vc deve ter uma amizade assim com alguém.
Nós éramos praticamente irmãos! Falavamos tdos os dias no telefone, às sextas jantavamos juntos e algumas vezes dormia na casa dela. Seus pais me amavam e nos divertiamos juntos. Para alguns, nós eramos namorados. Nós tinhamos bem em mente q não eramos, na verdade, riamos dos comentários!
Agora, pense em uma amizade assim…. e imagine esse amigo seu falando q vc não é um verdadeiro amigo. Qual seria sua reação? Agir emocionalmente? (paixão – foco em si) ou atentar para as reais necessidades dela e ajir racionalmente? (amor – foco no próximo)

2º - Há algum tempo atrás, eu postei sobre um caso de um casal americano. O Noivo foi pra guerra no Afeganistão mas sofreu uma emboscada tendo 70% do seu corpo queimado e ficando durante três meses em coma. Quando recuperou a consciência, Compton percebeu que não tinha mais suas pálpebras, orelhas, nariz e cabelo, além de ter recebido a notícia de que não poderia mais andar. Seus catastróficos ferimentos representaram o trágico custo das tropas britânicas no Oriente Médio.
Ele sobreviveu mas sua aparência jamais seria a mesma. Voltou para os EUA e sua noiva, embora chocada pela situação, ainda assim o AMOU e casou com ele! Veja a história completa aqui.
queimado11

Quem hoje em dia quer casar com alguém deformado? Seja sincero com vc mesmo(a)…
Massss… (guarde isso:) O amor não “respeita” os defeitos! Ele atropela qqer imperfeição! A pessoa está consciente dos defeitos mas embora isso o possa entristecer, ele continua o amando!
Se não fosse assim, como JESUS nos amaria sendo nós tão quebrados e tortos?

3º – Amar é um mandamento!

João 13:34
Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis.

JESUS MANDOU q nos amássemos! Devemos AMAR AMANDO! Amando do SENHOR. Amor não poderia ser um sentimento sendo q JESUS MANDOU q nos amássemos.
O q me faz amar um irmão q não conheço é saber q ele é um quebrado mas q deseja o SENHOR JESUS. Saber q ele é um torto mas q JESUS pagou o preço por ele.

85781656Nossas emoções variam muito! Pense só como um casal ia se amar…. um dia ele acorda amando a esposa, no dia seguinte ele está meio mal, então não ama….
Não dá né? Eles se amam pelo q vireram juntos, pq se conhecem.

É dificil entender dessa maneira pq o mundo tem pregado através de filmes, novelas e músicas um outro tipo de amor e ao longo dos anos isso tem entrado em nosso entendimento!

Maaaaasssss, a paixão é o início! Com o passar do tempo, ele amadurece e vira o verdadeiro AMOR!
Amor é um aprendizado diário! É a negação de si para favorecer o próximo.

Não vou entrar no detalhe q exite o amor Ágape, Filéo e o Éros senão o post não acaba mais! Deixo essa para uma próxima! ;)
mas como sou bonzinho, já deixo a definição
Amor Ágape: Amor de DEUS
Amor Filéo: Amor de família, amigo.
Amor Éros: Amor de casal

É isso ae psiti!!!
Tomara q tenha dado pra entender! Escrever de madrugada é dose!! hahaha!

Veja estes posts tb:

- Diferenças entre Amor e Paixão
- Amor ou Paixão?

NO AMOR DE JESUS,
Fernando Ortega.

76 Comentários »

  1. Bruno Sanches 7 de outubro de 2009 às 9:28 - Reply

    Muito bom!

    Na última reunião dos jovens em minha igreja discutimos exatamente sobre isso e é mais ou menos isso mesmo que eu penso a respeito de amor e eu inclusive usei esses argumento que você usou.

    “O amor não é um sentimento, não vem da emoção, mas ele se torna um sentimento, se torna uma emoção a partir de uma escolha. Sendo o amor um mandamento, eu escolho amar.”

    Falamos sobre o “gostar” e o “amar” que são dois opostos, como você mesmo exemplificou. O “gostar” é egoísta. A pessoa em questão me faz bem e por isso gosto dela. Já o amor é altruísta. Eu quero fazer bem para a pessoa em questão, eu quero vê-la e fazê-la feliz independente da situação.

    Gostei muito do post, conteúdo muito bom.

    Paz, irmão!

  2. Juliana 7 de outubro de 2009 às 9:49 - Reply

    o/ Post Maravilhosoo Fernandoo!!!

    Que possamos Viver a cada diaa o Verdadeiroo AMOR!!!

    abraçoss

  3. Cida 7 de outubro de 2009 às 11:12 - Reply

    Oi Fernando,

    Muito bom o seu post, precisamos ter bem claro em nossa vida o verdadeiro significado do amor para vivê-lo como ele é.

    O amor como você disse é um aprendizado, pois dificilmente amamos de graça, por isso que temos que nos espelhar em Deus pois ele é o próprio amor, já pensou se o amor de Deus estivesse condicionado ao nossos atos? meu… arrepio só de pensar…

    O amor antes de tudo é uma decisão e eu digo por experiência própria que não é fácil decidir isso, muito menos manter firme essa decisão diante de tantas circunstâncias adversas, mas qual seria a graça se fosse fácil, não é verdade?

    Deus te abençoe!

  4. Lívia 7 de outubro de 2009 às 16:36 - Reply

    Nossa, estou descobrindo muitas coisas esses últimos meses! E como é difícil amar.. comecei a ler o livro “Eu disse adeus ao namoro” e estou enxergando quanta besteira fiz no último namoro.
    Eu me converti em fevereiro deste ano, mas desde então tenho passado por experiências maravilhosas com Deus. E a cada dia, a cada leitura da bíblia, a cada livro lido é uma nova descoberta, um novo mundo e uma nova decisão. E aos poucos estou deixando a ‘velha’ Lívia pra trás e tentando, buscando e compondo a nova Lívia. Não vou mentir, mas uma das áreas que mais me preocupo é justamente esta de namorar, casar… esse é o meu calcanhar de aquiles. Mas pretendo mudar isso e descansar no Senhor, esperar nEle, e vou conseguir.
    Não é fácil, mas tenho procurado tirar isso da minha mente e, na verdade substituir certos pensamentos pessimistas por reflexões na palavra de Deus. Mas não desisto, estou numa fase muito louca. Pois pra viver com Deus e seguir seus passos é coisa de louco não é? Estou disposta a isso…
    Enfim, achei que sabia amar, achava que amava meu ex. Talves até eu o amasse, talvez, muito remotamente (hehehehehe). Mas ele, tenho certeza que era paixão, só por alguns exemplos citados e os da entrelinhas! Kakakakaka..
    Isso que é bom sabe, Fernando? Descobrir que errou, voltar atrás e começar tudo de novo.. redescobrindo o que você achou que havia descobrido. Entendendo melhor, mais profundamente, refletindo… As vezes, acho que vou ficar doida de tanto pensar e começo a colocar tudo num papel pra esvaziar mais a mente. Mas é mto bom descobrir as coisas de outra maneira, da melhor maneira, com Deus no controle e vc no centro da vontade dEle. Bom adoro seu blog. Não sou mto de comentar, mas hoje deu vontade..
    Fica com Deus Fernando! Deus abençoe voce e a Fran mais e mais!
    Abraços.. =]

  5. Mi 7 de outubro de 2009 às 19:44 - Reply

    Explicação muito boa!!!

    Eu consegui compreender e já passei por uma situação parecida com a sua em relação a um amigo…mas ao invés de virar as costas eu só consegui chorar hehehe……depois entrei em contato com ele falando que eu considerava ele um amigo e que se tinha magoado ele que ele me perdoasse…enfim…nossa amizade continuou normalmente!!

    Em relação as imperfeições…quando namorava fazia a pergunta: vc me amaria mesmo se eu sofresse um acidente e ficasse toda deformada de cama etc….eles falavam que sim…mas pela reação eu já tinha uma idéia rss…

    Enfim…amar sem esperar nada em troca é um processo!!!

    Deus te abençoe…. vc e a Fran :)

  6. Érica Kitty 7 de outubro de 2009 às 19:49 - Reply

    E Aê Fê…Saudades de falar contigo!!!
    Mas amém por este post de hoje, muitas pessoas confundem mesmo amor com paixão, hoje com 23 anos já descobrir o que amar, sacrificar por alguém, deixar de fazer algo por alguém, rs….quando era adolescente eu era apaixonada por 3 meninos ao mesmo tempo acredita???E ainda achava que amava os três…kkkkkkkkkk
    Mas graças a Deus que com amadurecemos e entendemos melhor o sentimento…

    Que Deus seja louvado em tudo!!!

    Bjs Kitty

  7. LUCIENE 7 de outubro de 2009 às 23:07 - Reply

    Oi Fê. Tô aqui dando glorias ao nosso Deus pela sua vida e por esse blog.
    Esse post me fez repensar o meu relacionamento.Agora estarei mais atenta ao q realmente sentimos um pelo outro. E tbm acreditando q ainda q seja paixao, por ser um primeiro momento, com o tempo amadureceremos e o q teremos será o verdadeiro AMOR. Sem deturpaçoes mundanas.
    VLW pela força. Q Deus continue abençoando a sua vida e de todos os colaboradores do blog.
    Ps: Cara, a Fran é 10!!! me ajudou muito. Obrigada Fran. Continue nessa unção.
    abração .
    LU.

  8. ThAta 9 de outubro de 2009 às 10:20 - Reply

    Oie Fer…Adorei o post, principalmente porque esse é um dos temas que me interessa bastante, seria ótimo se a maioria dos jovens tivessem a oportunidade de lerem esse texto e estudarem sobre ele…
    Nossa parabéns pra vc…Pois escrever um texto desse em plena madrugada não deve ser nada fácil, mas quando se tem a inspiração de Deus, tudo muda.
    Através do post lembrei de uma reportagem que li na net. E lendo essa matéria, eu percebi até que ponto uma pessoa pode ir, caso ela se deixe levar pelas suas emoções!
    O caso é muito sério, muitos estão se iludindo por darem ouvidos ao “coração”, que por muitas vezes é enganoso…O melhor mesmo é darmos ouvidos ao nosso Deus, e junto dEle esperarmos o momento certo da nossa benção!!!
    Abração

    Que Deus continue te inspirando…Ah to mto ansiosa pra ver a continuação do seu testemunho…hihihihi….

    Obs: Caso vc não tenha visto a reportagem, e quiser ler, é só ir no site do g1.com.br, no site da globo.com, e digitar no busca as palavras Amor Bandido, aí vai aparece um relato de uma mulher que ficou dias desaparecida e depois voltou…Não consegui te mandar o link…

  9. milly ortiz 9 de outubro de 2009 às 15:46 - Reply

    olá, fernando :]
    em primeiro lugar, queria dizer OBRIGADA, seu blog têm abençoado muito a minha vida, e um dia espero ter um relacionamento igual ao seu ^^

    acho que essa musica traduz exatamente o que vicê quis dizer sobre amor verdadeiro, gostaria muito que você visse ^^

    THRICE – THE WEIGHT (http://www.youtube.com/watch?v=VccjmoDkjFg)

    Muito te dirao que lhe darão o seu amor
    mas quando ele dizem “dar’” querem dizer “tirar”
    eles se empoleiram como abutres até sentir o impulso
    tomam vôo quando a terra começa a tremer

    alguem pode te dizer que sempre será sincero
    escaparão pela porta antes do entardecer
    mas eu nao te deixarei desamparada
    outro poderá ficar até encontrar alguem novo
    antes de você perceber já terá ido
    mas eu nao te deixarei desamparada
    nao, eu serei essa pessoa

    e venha o que vier, eu nao vou te abandonar ou te deixar sozinha
    porque amor amor é uma promessa de fidelidade nao um fogo momentaneo
    venha o que vier, eu estarei em pé ao seu lado
    eu nao correi, apesar das tempestades ficarem piores e nao tiver fim à vista

    algum falam de destino,
    mas logo estarão dizendo adeus
    mas eu nao vou te deixar desamparada
    pois uma aliança nao significa nada
    se você nao suportar o peso
    alguns nao irão ao menos tentar
    mas eu nao te desampararei
    eu nao te deixarei se perguntando porque

    tempestades certamente virão
    mas amor verdadeiro é uma deisão que voce tem que tomar
    e você é a unica que eu estabeleci para meu coração escolher
    enquanto eu viver, eu juro que voce verá isso acontecer

    eu realmente adoro essa musica, e espero um dia amar dessa maneira :)

  10. Vanessa 13 de outubro de 2009 às 15:36 - Reply

    Nossa!!!!!!!Cada dia que leio algo aqui é um renovo para mim !!!!!!!!è incrivel a coincidência Fernando você dizia para Fran as memas coisas que meu namorado me diz.. e eu as vezes por mim mesma acho que sempre vai ser assim.. que nunca vai mudar.. que nunca ele vai amar.. Mas pelos olhos da fé vejo o contrário que Deus vai proporcionar o momento certo para que isso aconteça.. Hoje tive um renovo em minha fé ao ler esse post, eu precisava.. até para mim mesma que as vezes digo tanto que amo, mas me preocupo tanto em me satisfazer.. estou vendo que amor mesmo não é só isso.. Deus te abençoe e derrame unção em você sempre irmão!!!!!!!!

  11. lala 16 de outubro de 2009 às 14:50 - Reply

    Amei esse post.

    Finalmente uma definição racional de amor!
    Vivemos procurando isso nas músicas e filmes que de amor de verdade não falam nada..como a Lívia ali do comentário de cima tbm to lendo “Eu disse adeus ao namoro” e recomendo para todos…Estou aprendendo a amar e desaprendendo a gostar.

    PS: amo o site..todo dia garrada aqui..rsrs.

  12. isadora 16 de outubro de 2009 às 22:58 - Reply

    Nossa! eu entrei neste blog pela primeira vez, e foi indicação de uma amiga, e confesso :
    - NÃO ME ARREPENDO de ter lido este post!

    Tem coisas que a gente só toma conhecimento e percebe a “consistência” quando é outra pessoa que nos “fala”!

    Amei o post Fernando!

    Deus abençõe!

    abraço(:

  13. Jhou 18 de outubro de 2009 às 23:19 - Reply

    Dae Fernando! Beleza?!!!
    Então… me enteressei muito nesse assunto, porque o que você falou sobre a sua amiga aí, foi, e É! o que acontece comigo! Tenho uma melhor amiga, e passei por alguns momentos assim com ela. Ela leu também esse post também, e rimos bastante, pois é exatamente o que vivemos! (risos).
    Masss….. a minha dúvida é a seguinte: Ela continua sendo a sua melhor amiga??? Não há algum ciúme da parte da Fran com vocês???? se a amizade de vocês dura até hoje e se continuam contando as coisas um para o outro, conversando ao telefone, saindo juntos, trocando experiências…. emfim! Coisas que os Melhores amigos normalmente fazem!
    Ah!! rsrsrs
    Outra coisa! rsrsrrs agora posso dizer pra essa minha amiga que eu realmente a amo.

    Obs: ela terminou um namoro à uns 3 meses com um amigo meu, e agora está orando para começar um novo relacionamento com um outro amigo meu!! ^^

    Deus abençoe grandiosamente a sua vida!
    Abraço até mais

  14. Jhou 19 de outubro de 2009 às 21:15 - Reply

    Obrigado por me responder!

    Disse que “foi” porque passamos por uma situação assim…. só por isso!
    Mas obrigado por responder.

    Valeuuuuu Deus abençoe sua vida!

    • Fernando Ortega 23 de novembro de 2009 às 12:21 - Reply

      Oi Dé!!!
      Desculpa a demora em responder….
      Mas então….
      Vc deve entender q tanto vc qnto ele, estão aprendendo a amar um ao outro. Por isso ele agiu errado falando algo q te magoou e vc não interviu e mostrou pra ele q isso te machucou.
      Não fique esperando q ele peça desculpas e tudo mais… mostre o q vc sentiu.
      Tanto vc qnto ele estão aprendendo a se amar. Ele também precisa saber disso!

      Abração moça!
      VITÓRIAS!

  15. joyce 21 de outubro de 2009 às 9:42 - Reply

    Ola,Fer!!
    Gostei muitissimo desse blog, é o melhor q ja vi!!!Parabéns!!
    Vou recomendar pra todos…
    gostaria q vc postasse algum asunto sobre Daniel , ja q ele e um exemplo pro jovens…
    Lendo seu post me veio essa frase “Amar é admirar com o coração, Admirar é amar com o cérebro”, sera???
    Q vc continue na vocação q foste chamado, proclamando as virtudes Daquele q te salvou…
    Felicidades…
    Bye, bye…

  16. Joel 22 de outubro de 2009 às 13:11 - Reply

    Tem sido muito bom encontrar os seus textos! Realmente, a nossa sociedade tem criado uma concepção de amor totalmente diferente da que aqui se fala, uma distorção do “amor” que Deus pede dos maridos face às mulheres, comparando com o amor de Cristo pela igreja. As novelas, os filmes, Hollywood, amigos,…colocam diante de nós esta concepção de amor que vai se infiltrando na nossa maneira de pensar, nos nossos pensamentos automáticos, daí já estamos ensopados, e as nossas acções, decisões fluem em consonância com esse conceito. Daí que tem muita gente que não sabe o que é amor, porque com a mesma facilidade que apaixona também desapaixona: “Já não sinto aquele fogo arrebador!!!!E agora???”. Isto causa confusão, causa dor.

    Encontrei um texto num site que sustenta esta ideia muito bem, vou colocar aqui o excerto:

    “Quando Isaque estava pronto para se casar, seu pai Abraão enviou um servo a sua pátria para escolher uma esposa para Isaque. O servo encontrou Rebeca e trouxe-a na volta para Canaã, para ser esposa de Isaque. Ele só se encontrou com Rebeca pouco antes de se casarem e não a namorou (Gênesis 24). Isso pode parecer estranho, até mesmo espantoso, para uma pessoa jovem de hoje em dia, mas os casamentos arranjados pelos pais eram comuns nos tempos bíblicos. O que dizer do romance? E se o homem e a mulher não fossem fisicamente atraídos um pelo outro? Esses casamentos, com freqüência, duravam precisamente porque não eram iniciados na base da atração física ou do amor romântico, uma emoção que é freqüentemente difícil de sustentar. – http://www.estudosdabiblia.net/d35.htm

    Eu próprio tenho sido vítima disso, e através do que tenho vivido, lido (como os teus textos), tenho tentado mudar a minha maneira de pensar, e mais, de “sentir”. É difícil alguém que está a educado a mover-se pelo que sente (que é instável), passar a mover-se por um equilíbrio racional. É, Deus tem falado, trabalhado, esta concepção correcta de amor tem de voltar a entrar nas nossas igrejas, mas a começar em mim.

    Agradeço a Deus pela tua vida,

    Desculpa a forma diferente de escrever…sou português.hehe

    Deus abençoe!

  17. kewin 24 de outubro de 2009 às 21:30 - Reply

    linda simplismente linda q vontade de conheçer vc melhor

  18. Doni 27 de outubro de 2009 às 10:29 - Reply

    hmmmm levei na testa! kkkkk

    cara, post abençoador…
    e um tanto quanto direto pra mim…
    tenho uma amiga que eu amo [amo msm kkkkkk] como se fosse minha irmã… e estamos passando uns desentendimentos semelhantes [não idênticos] aos que vc passou com a sua amiga…
    É bom sentar aqui e ouvir [ou ler :P] a voz de DEUS…

    bicho, “eu te amo” não sai da minha boca tão banalmente kkkkk

    abraço!

    fikem com DEUS!

  19. Gabriela 30 de outubro de 2009 às 14:43 - Reply

    Olá.
    é a primeira vez que entro no blog.
    e me interessei e gostei bastante sobre os assuntos abordados…
    mas gostaria de saber onde está seu testemunho, gostaria de ler…procurei e não achei! hehe

    muito obrigada!

    Deus continue abençoando

    Gabi

  20. Jacky ;) 3 de novembro de 2009 às 22:41 - Reply

    Olá, a paz do Senhor esteja com vc !
    queria dizer que estou sendo muito abençoada com os seus post… c/ esse blog…
    quanta coisa bacana estou aprendendo muitas coisas…umas delas…
    é tudo que eu fizer que seja p/ Glória de Deus :)
    Bem gostaria que vc escrevesse sobre namoro a distância…queriaa muitoooo… ah e tb sobre diferença de idade….
    primeira vez qeu estou escrevendo e já estou exigente hein ahhahah…
    é que gostei muito, e quero aprender mais…
    e tudo que eu aprender preciso passar p/ frente ;)
    pois tenho uma meninada na igreja…e quero muito que elas cresçam na benção…pois vc sabe como a mídia hj influencia na vida das crianças… e é isso aii!!!

    que Deus te abençoeeee!!! e a Fran tb ;)

    bjs!!!

  21. Debora 5 de novembro de 2009 às 17:17 - Reply

    Amado vc me fez até chorar. Minha cabeça anda tão confusa nesse assunto de amor ou paixão …….
    Mas o q vc escreveu disse muita coisa ….

    continue assim e deixa Deus te usar amém……

  22. Daivid silva 11 de novembro de 2009 às 0:22 - Reply

    Cara, muito simples e inteligente o texto.
    Aprendi umas coisas legais, to amando esse Blog.

  23. Lucas 14 de novembro de 2009 às 20:29 - Reply

    Fê, amei esse post! (Amei todos que li, mas este em especial.) Hoje foi o primeiro dia que vi o blog. Li vários posts. Gostei muito de você e de sua visão. Já dá pra ver o quanto Deus tem usado você, o seu relacionamento com a Fran (já gosto muito dela também) para a Glória de Seu Reino.

    Quero te contar minha situação e pedir um conselho seu. Tenho quase 16 anos (falta 1 mês exato). Em 2006 (estava na 7ª série) conheci uma garota na minha escola (apelido: Kah), mas falei com ela uma única vez durante todo o ano. Não fazia diferença a presença dela. No ano seguinte (8ª série), mais uma vez, estudei com ela. No início do ano, começamos a nos tornar amigos e depois de um tempo eu me “apaixonei” (entre aspas porque eu tinha apenas 13 anos). Passou-se mais um ano. Em 2008 (1º ano), a gente se aproximou bastante. Ela começou a namorar e eu fiquei meio mal, mas passou o ano e ela terminou nas férias. Começou 2009 (2º ano). A gente se aproximou mais ainda e ficamos muito amigos. Durante esse tempo todo, o meu “gostar” se transformou em “amar”. Sei disso mais hoje do que nunca depois de ler o seu post. Eu a amo. Eu conversei com ela no meio desse ano e a pedi em namoro. Ela disse que não queria se envolver no momento porque tinha terminado um relacionamento havia pouco tempo e queria um momento só dela. Tudo bem. Mas recentemente ela ficou diferente (melhor).. desconfio de que ela está começando a se apaixonar por mim. Mas há algumas coisas que me preocupam. Ela foi criada na igreja, mas na Concregação Cristã do Brasil (CCB). E eu sou batista. A doutrina tem pontos divergentes. Por exemplo, lá eles pensam que dar dízimo é errado porque se enquadra na lei de Moisés e não estamos mais nela. Na minha igreja dá e eu amo dizimar. Outra coisa é que, na CCB, depois de batizada, a mulher não pode usar calça, nem brinco e outros acessórios corporais (Isso tudo bem, vai de cada igreja, como há muitas igrejas batistas que não permitem). E, talvez o que mais me incomoda, é que eles acham que ritmos de música mais agitados e que utilizam de instrumentos como guitarra e bateria são ritmos do demônio. E eu sou guitarrista (iniciante, mas sou. Haha). Acho que ela, por si mesma, não se importaria com o fato da música. Eu vejo o nosso possível relacionamento de verdade como um mecanismo de adoração a Deus e ajuda espiritual mútua. Imagino que ela pode me ajudar muito espiritualmente e vice-versa.
    Eu tinha receio de fazer isso, mas depois de ver seu exemplo, vou conversar com ela sobre não beijar até o noivado (vai ser difícil. Hahaha. Vou me espelhar em você. ;D), se assim Deus quiser e começarmos um relacionamento. Eu fico pensando se seria errado iniciar um relacionamento com ela em vista de que há essa diferença entre nossas igrejas, mesmo se os pais dela e os meus abençoassem, assim como nossos líderes espirituais e amigos (como vi em outro post seu).

    Obrigado mesmo por perder seu tempo lendo esse texto(Não me importo na verdade com isso. Hahaha) e por sua resposta que tenho certeza absoluta de que será sábia. Deus continue abençoando sua vida, seu ministério. Desejo tudo de bom pra você e pra Fran !

    Abração !

  24. Debora 19 de novembro de 2009 às 17:29 - Reply

    fê……
    me responde uma duvida cruel…que hj me matou…..
    se o namorado fala algo p/ vc q no momento te magoa e vc chega ate se questionar com Deus…é pq eu não o amoO o suficiente ….me ajuda!!!
    se não eu vou ter um trecoO….

  25. *Lah* 1 de dezembro de 2009 às 20:26 - Reply

    Oi Fernando….vou lendo os seus posts e não me aguento…rsrsrs…eu tenho que fazer um comentário….kkkkkk

    Eu gostei muito desse estudo tbm….
    As minhas amigas tem uma mania muita feia de ficarem com determinados garotos e depois sairem falando que estão amando eles,o pior é que quando os garotos dão o pé da traseira delas,quem acaba ouvindo sou eu,justo eu que falei para elas não fazerem isso e ainda pedi pra elas não se entregarem tanto a esse sentimento,pq eu sabia que isso definitivamente não era amor….rsrsrs
    Mas mesmo assim eu paro para dar a atenção que elas precisam…
    Agora pelo menos eu já tenho um estudo para mostrar para elas quando isso acontecer…kkkk

    Continue sempre assim.
    Muita sorte para vc e para a Fran…..

  26. izabela 12 de dezembro de 2009 às 15:40 - Reply

    Que issso !!! O blog ta muito show!!! É bom de mais ve como Deus tem usado vcs viiu ?!? Abençoou de mais minha vida, a cada post Deus fala de mais comigo, e com isso nos leitores podemos ser mais enriquecidos e podemos tambem ser abençoadores dessa geraçao , que ta precisando de mais da intervençao de Deus, e Deus tem me mostrado o quanto podemos fazer com Ele em nossos coraçoes, me ensinando cada dia mais viver como Ele é simplesmente o Amor que preenche nosso coraçao!!!

    É isso ai o luz para dissipar as trevas nessa geraçao !!!!

    ”E seremos a geração que dança[canta...],
    Por causa da Tua misericórdia, ó Deus!
    Tua misericórdia, ó Deus!”David Quilan

    Que os jovens possam entender isso. A alegria é Deus e nao o mundo

  27. diego caselani vieira 26 de dezembro de 2009 às 17:24 - Reply

    Muito benção!
    Amar é uma escolha.

  28. Páh 10 de janeiro de 2010 às 14:10 - Reply

    Olá Fernando (:
    Eu namoro a 4 meses e eu digo direto pro meu namorado q o amo muito e vice versa…ele é meu 1º namorado e eu sou a 1ª dele,temos muito planos pro nosso futuro mas tudo colocamos diante do Trono de Deus (: é errado eu ja dizer a ele q o amo?? porq tipo é algo tão profundo e singelo o que sinto por ele =/

    Abraços
    Deus abençoe ;)

  29. Ane Louise 18 de janeiro de 2010 às 0:41 - Reply

    Olá Fernando!

    como vai???

    Amei seu post….

    Vim por indicação d um amigo…

    Pq sabemos que quando se trata de sentimentos é melhor confiar nos sábios e na palavra de Deus….

    meu coração qndu começei a ler estava muito aflito,com mágoas,resentimento e tristeza….agora ao termino me sinto melhor,ele continua um poco magoado,mas todo resentimento,toda aflição,angustia e tristeza foram embora….

    O homem que acreditei ser meu namorado (meu varão) me trocou por uma amiga minha….”/

    Mas isso já está se tornando passado…

    Glória Deus pela sua vida…..

    E que você possa ajudar cada dia mais pessoas,como me ajudow….

    God Bless

  30. Samir Ricardo 8 de fevereiro de 2010 às 22:31 - Reply

    Parabéns pelo excelente post. Sou novo aqui e esse foi o primeiro texto que eu vi, que abriu muito os meus olhos!

    Se os textos continuarem nessa excelência, vcs ganharam um novo acesso!

    • Fernando Ortega 9 de fevereiro de 2010 às 11:42 - Reply

      Hey Samir!!!
      Bem vindo!!! Glória a DEUS q vc foi edificado por esse post!!
      Dê uma passeada nos outros posts ;)

      Seu acesso no NMM é mais importante pela sua própria transformação! É isso o a Família NMM espera! ;)
      O blog tem esse propósito: Transformar e edificar vidas com um objetivo ► ADORAR A DEUS!

      Abração!!!
      DEUS te abençoe poderosamente!
      VITÓRIAS!

  31. junior 17 de março de 2010 às 18:17 - Reply

    e ai amado irmão…
    na paz do Senhor..

    eu estava lendo seu post, parabéns para o trabalho…
    eu so fiquei em duvida em um aspecto…
    em outras palavaras vc disse que estamos banalizando o amor…
    e que vc demorou 7 meses para dizer eu t amo para sua namorada..

    mas Deus é amor.. certo?
    e Deus disse que devemos amar o nosso proximo como a nós mesmo…
    Deus ensina que devemos amar as pessoas…
    como mandamento eu entendo que o amor não é apenas um sentimento, mas principalmente uma decisão..
    quando eu decido amar uma pessoa, aí realmente q eu a amo… pois qnd temos isso em mente, não olhamos para as circunstancias…
    pensando desta maneira, o amor não está condicionado ao tempo, mas sim a uma decisão…

    o que vc acha?:

    abraço

    Deus t abençoe

    continue esse trabalho abençoado

    • Fernando Ortega 17 de março de 2010 às 19:10 - Reply

      Sim! Porém existe uma diferença entre o amor q o SENHOR nos ordenou e o amor de um casal. ;)
      Ainda não postei, vou procurar escrever sobre amor filéo, eros e ágape.

      Abração!
      Valeu!!!

  32. heloise 15 de maio de 2010 às 23:11 - Reply

    Olá,eu pensava dessa forma,mas achava que estava pensando errado.
    Depois de ler este estudo,vi que realmente a maneira que penso é certa.Valeu!
    Abraços.

  33. Lo 20 de maio de 2010 às 21:57 - Reply

    nossa, gostei muiito !*-*

  34. Daivid Silva 29 de junho de 2010 às 0:18 - Reply

    Muito bom o texto, ajuda muito a entender o que é amor.

  35. Bárbara 24 de novembro de 2010 às 0:37 - Reply

    É, conheci esse blog hje e não saio mais daqui, leio tudo tudo tudo que me enteressa.. td que presciso, pesquiso o que eu quero.. MELHOR COISA FOI DEUS TER ENVIADO ALGUÉM PRA MANDAR ESSE BLOG.. incrível que era na hora que mais prescisava. Com esse post, aprendi a diferença que prescisava aprender.. o que sentia, tudo agr se encaixou.. DEUUSS EU TE AMOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO ♥

    • Fernando Ortega 24 de novembro de 2010 às 11:24 - Reply

      Glória a DEUS Bárbara!
      Fico muito feliz por isso!!
      Bem vinda a Familia Não Morda a Maçã! :D
      Abração!
      Vitórias!

  36. rodrigo lopes 18 de fevereiro de 2011 às 3:19 - Reply

    gostei muito deste post, quando vc citou como exemplo a sua amiga “do peito”, me lembrei que alguns anos também tinha uma amiga assim, mas depois que ela me tratou mal pelo telefone eu me indignei e deixei de falar com ela, depois de muito tempo DEUS falou comigo e fui lá fazer minhas pazes com ela, só que não deu muito certo, hoje nos não somos grandes amigos, mas também não guardo rancor, ela casou recetemente e esta morando na minha rua, praticamente minha vizinha kkkkkkk ironia de DEUS, hj falo com ela só um “oi” e “tchau” além disso nada mais, mas isto foi uma lição que aprendi a não tomar decisões pela emoção.
    valeu pelo blog fica na paz!!!!!!!1

    • Fernando Ortega 24 de fevereiro de 2011 às 13:29 - Reply

      Manão, já pensou em ver se não é necessário conversar e orar com ela. De repente seja necessário perdão ae.

      AbraçãO!

  37. KaroL 12 de maio de 2011 às 2:45 - Reply

    Boooa noiite!!
    Meia noite e eu aquii rs rs essa vida de trabalhador e estudante é dificil. #tenso!

    Conheci o blog de vcs a uns 3 dias, e tenho sido ricamente abençoada. Eu mesmo tive mtas duvidas das quais vcs falam,e quem dera tivesse um desse qud eu era adolescente, tinha feito bem menos besteira.

    Namoro a 1 ano,uma pessoa que de fato tenho aprendido a amar.Como vc Fernando msm disse, amar só depois de muito tempo juntos, conheci meu namorado a 2 anos, e orei por ele um ano antes de namorarmos,já fui noiva antes de conhece-lo tinha o coração quebrado pelas desilusões qe sofri, mas aii eis que durge o Jhonny rs rs e o coração que estava em pedra viro carne de novo.
    Temos aprendido muita coisa juntos, principalmente de respeito mutuo, não só de carinho e paixão, temos tentado ser amigos, e com isso a admiração e o respeito tem crescido.
    Louvo a Deus por sua vida, eu ainda tenho certas duvidas, mas o Senhor tem usado a sua vida para nos abençoar.
    Deus continue te abençoando dia após dia!
    flws..
    Paz de Deus!^^

  38. Jenyffer 11 de junho de 2011 às 15:44 - Reply

    Olá,
    gostei muito do blog,com ele pode entender qual é realmente o propósito de Deus para a área da vida sentimental.Que Deus continue abençoando e inspirando cada vez mais!

    A Paz do Senhor!
    Abraços.

  39. Roseane 27 de julho de 2011 às 16:50 - Reply

    Depois de ler este post estou pensando seriamente se AMO ou se sou APAIXONADA :x
    Se for pela questão do tempo, SIM EU AMO!
    Mas tem algumas características que me intrigam :S
    A mistura de algumas descrições de amor e paixão vira oq? kkkkk
    :S:S::S:S:S:S

    Deus abençoe ;*

  40. Jorge Filipe 26 de agosto de 2011 às 20:25 - Reply

    Muito bom !
    Ja disse muitos “eu te amo” pra minha namorada, mas agora vejo que estava enganado. Eu não a amo, eu sou apaixonado por ela. É um começo, tenho certeza de que um dia vai virar amor.
    Adorei o post, me ajudou a entender mais a diferença de amor e paixão e isso é uma coisa muito dificil de se diferenciar, pelo menos pra mim.
    A paz do Senhor

  41. Alexandre 11 de abril de 2012 às 22:31 - Reply

    Acho que to desenterrando esse post, hehe. Mas pelo que vi nos comentários ele já foi desenterrado antes, então…

    Esse texto realmente abriu minha mente, me fez pensar sobre se eu sinto amor ou não. Eu estou namorando uma menina a quase seis meses, apesar de eu ter quase 24 anos ela é minha primeira namorada. Acabei de terminar a faculdade, o que mudou mto a minha vida e me fez passar por um período (mais de mês)de depressão.

    Agora eu vejo que comecei a namorar por paixão, foi algo muito forte e inexplicável que eu nunca tinha sentido antes, mas acho q devido a esse tempo q passei depressivo a paixão se foi. Estava pensando se deveria terminar ou não, e depois de ler o post comecei a pensar e percebi que por sorte me apaixonei pela melhor menina que já conheci até hoje, nossos pensamentos e ideais, nossos valores qto a vida e família são praticamente iguais, ela é aquela menina q eu sempre sonhei ter ao meu lado… É cedo ainda pra dizer que a amo de verdade, mas ela é exatemente o tipo de pessoa q eu quero amar.

    Esse post foi muito esclarecedor, e o mais racional que já li sobre relacionamentos. Hoje em dia dizer q ama alguém virou banal, os valores se inverteram demais, e a maioria dos jovens vivem com a máxima do “carpe diem”, o que as torna altamente egoístas. Eu não vejo na religião a felicidade para o casal (sou ateu), mas vejo que as pessoas religiosas têm uma visão muito mais real sobre casamento e relacionamentos, pois levam em conta que a paixão é ótima mas dura pouco, e DECIDEM viver felizes no relacionamento mesmo sabendo que os hormônios vão baixar e a realidade vai aparecer.

    Espero que eu possa realmente amar a minha namorada, e espero que ela se desapaixone de mim logo, para que possamos enxergar o mundo de uma maneira mais real.

  42. Fernando Ortega 7 de outubro de 2009 às 10:08 - Reply

    Sim, sim Juh!!!
    Precisamos aprende a amar!!!
    Abraçones!
    VITÓRIAS!

  43. Fernando Ortega 7 de outubro de 2009 às 10:11 - Reply

    É isso ae Brunão!
    Q bom q deu pra entender!
    eu montei o post de madrugada e fiquei pensando se tinha passado a idéia corretamente, hehe!
    Pelo visto consegui!!
    Aeee!

    Abração!
    VITÓRIAS!

  44. Fernando Ortega 7 de outubro de 2009 às 11:35 - Reply

    Oi Cida!! Saudades de vc por aqui! hehe!
    Pois é… o amor é um aprendizado mesmo, uma escolha!

    Abração!!!
    VITÓRIAS!

  45. Fernando Ortega 8 de outubro de 2009 às 1:04 - Reply

    Aeeee!! Glória a DEUS Lú!
    Fico feliz q o blog tem te abençoado! Coom isso, ele cumpre seu propósito: Adorar a JESUS! Woohoooo!!
    Valeu pelas palavras!!
    Abração querida!

    Ps. DEUS teve muita misericórdia de mim né? hehehheheh!

    VITÓRIAS!

  46. Fernando Ortega 8 de outubro de 2009 às 11:08 - Reply

    Oi Mi!!
    Como falei, amor é um aprendizado diário.
    Hahaha!! Vc colocou o coitado na parede. Tipo, fica dificil mesmo pra ele responder sua pergunta. Óbvio q ele JAMAIS poderia dizer, “nao sei” ou “nao” pq vc iria ficar chateada! Mas o q vc fez foi forç-a-lo a dizer “sim” qndo ele provavelmente não estava preparado. Mais uma vez, o amor é um aprendizado, é preciso de tempo para ir amando!

    Eu e a Fran agradecemos recebemos sua bênção! :D

    DEUS abençoe vc tb moça!
    VITÓRIAS!
    Abração!

  47. Fernando Ortega 8 de outubro de 2009 às 16:17 - Reply

    Glória a DEUS Lí!
    É isso mesmo! É muito bom qndo descobrimos o pq erramos e fazer da maneira correta!
    Fico feliz com seu comentário moça!

    Abração!
    VITÓRIAS!

  48. Fernando Ortega 9 de outubro de 2009 às 17:28 - Reply

    Pois é ThAta!
    Eu vi o video! Q loucura!!! :S
    Pois é! DEUS é bom! Ainda bem q deu pra entender!! Heheh!
    Abração moça!
    Fica com DEUS!

  49. Fernando Ortega 13 de outubro de 2009 às 16:03 - Reply

    Amem Vane!!
    Vc não sabe como esses comentários me fazem bem! Ver vcs sendo abençoados através do blog é fantástico!!!
    Glória a DEUS!
    Q o SENHOR te dê graça, sabedoria e força!!
    Forte abraço!
    VITÓRIAS!

  50. Fernando Ortega 16 de outubro de 2009 às 15:03 - Reply

    Pois é Lala!!!
    Há uma confusão entre amor e paixão!
    A Pati leu esse livro tb! HEeh!
    Fico feliz q esteja acompanhando o blog!
    Abração!
    Fica com DEUS!

  51. Fernando Ortega 17 de outubro de 2009 às 0:25 - Reply

    Muito bem vinda Isa!!!
    Glória a DEUS! Fico feliz q vc tenha gostado do blog e tenha sido abençoada por aqui!
    Volte sempre!! :D
    Tem post novo TODO DIA!!
    Abração moça!
    VITÓRIAS!

  52. Fernando Ortega 19 de outubro de 2009 às 13:45 - Reply

    Oi Jhou!
    Respondendo: Ela foi minha melhor amiga! Embora não tenha tanto contato com ela devido a meu namoro.
    Agora já não dá pra manter o mesmo relacionamento tendo em vista q namoro! Pq disse q ela “foi”? Pq agora qem é minha melhor amiga é a FRAN!
    Continuo tendo amizade, mas não dá pra ser a mesma. Principalmente por ser do sexo oposto….

    Abração!!!
    VITÓRIAS!

  53. Fernando Ortega 20 de outubro de 2009 às 10:28 - Reply

    BLzaaa!!!
    Abração!
    Fica com DEUS!

  54. Fernando Ortega 22 de outubro de 2009 às 14:11 - Reply

    Glória a DEUS Joel!!!!!!
    Meu, fiquei muito feliz com seu comentário!
    É isso mesmo!! O mais complicado dessa história, é o equilibrio do racional e emocional. Mas o SENHOR nos ensina! Não é de uma hora para outra, é com o tempo!

    Gostei do jeito q vc escreveu!!! Heheh!!
    Abração querido!

    Abração!
    Fica com DEUS!
    VITÓRIAS!

  55. Fernando Ortega 23 de outubro de 2009 às 12:55 - Reply

    Maravilha Joyce!!!
    Boa idéia essa do Daniel! Aliás, já tem um estudo sobre ele! :D
    Muito interessante a frase! Heheh!
    Valeu pelas palavras! Recebo!!!
    Glória a DEUS!
    Abração!!!

    VITÓRIAS!

    Olha o estudo sobre Daniel aqui

  56. Fernando Ortega 25 de outubro de 2009 às 0:06 - Reply

    ??? Como assim?? Hahahaa!

  57. Fernando Ortega 27 de outubro de 2009 às 11:45 - Reply

    Maravilha Doni!!!
    Simbora ouvir a voz de DEUS! ;)
    Q o SENHOR te abençoe poderosamente!

    ABração!

  58. Fernando Ortega 30 de outubro de 2009 às 20:09 - Reply

    E ae Gabiii!!!
    Maravilha!!! Gloria a DEUS! Seja bem vinda!!!! :D

    Olha o link do meu testemunho>>> Clica aqui.
    Abracao qerida!!
    VITORIAS!

  59. Fernando Ortega 4 de novembro de 2009 às 0:19 - Reply

    Hey Jacky!!
    Eu falei em um VIDEOCHAT sobre namoro à distância. Pelo visto vou ter q colocar no papel….. Hehehe!
    Fico muito feliz q vc esteja sendo abençoada pelo blog!
    Q o SENHOR possa falar poderosamente com vc!!!!
    VITÓRIAS!

    Abração!

  60. Fernando Ortega 5 de novembro de 2009 às 17:47 - Reply

    Glória a DEUS Dedé!!!
    Q o SENHOR fale com vc e te esclareça as dúvidas de seu coração!!!!
    VITÓRIAS!

    ABração!

  61. Fernando Ortega 16 de novembro de 2009 às 11:29 - Reply

    E ae Luhh!
    Bem vindo ao NMM cara!!!
    Fico muito feliz q vc esteja sendo abençoado aqui!!! :D

    Bom, respondendo…..
    1- Não acho problema nenhum em vc namorar uma pessoa de outra igreja mesmo tendo tão grande numero de diferença entre as doutrinas. O caso é q vcs teriam q encontrar um equilibrio nisso. Tb é complicado no caso de q chega uma hora q vc qer q sua namorada esteja na mesma igreja q vc. Isso é algo a ser discutido…

    Maaaaaasssssss……
    2- Não acho q vc esteja no tempo de namorar….. Tem alguns posts q escrevi a respeito e acredito q vc entenderá melho o pq:

    - Sou muito novo pra namorar???
    - Qual idade certa pra namorar?
    - Idade certa – Resposta ao comentário

    Dê uma lida nesses post e continuamos a conversa belê??
    Abração queridão!!!

    Fica com DEUS!
    VITÓRIAS!

  62. Lucas 22 de novembro de 2009 às 14:06 - Reply

    Fê, fiquei muito feliz com sua resposta. Já tinha lido os posts anteriores. [O post "Resposta ao comentário" foi feito por o que um Lucas disse. Hahaha. Lucas's te dão muito trabalho, não é?! Haha.] Eu concordo com você. É necessário ter maturidade e considerável nível de experiência. Maturidade, sei que realmente tenho o suficiente. Minha mente não tem apenas 16 anos, como meu corpo físico. Sei que deve pensar que EU me acho maduro e tal porque geralmente os adolescentes se acham assim apesar de não serem. Mas não sou o único que diz isso. Minha mãe, irmãos [todos mais velhos]. Com relação à experiência, eu penso assim: obviamente é necessária, mas acho que isso se conquista não apenas com prática. Por exemplo, eu adquiri muita “experiência” só pelo tempo que passei, e passo, apaixonado por ela. Não diria exatamente “experiência”, mas algo que pode se tornar em experiência facilmente. Acho que sei lidar muito bem com situações que enfrentarei mais a frente. Tenho essa consciência. Sei que a amo. Não é uma paixão comum de adolescente. Muitos devem dizer isso, eu sei. Mas eu falo sério. Com todas as meninas que “gostei” até hoje, nenhuma foi como ela. Ela me fascina, ela é pura, é inocente, e muito linda. Preciso entender melhor as coisas. Acha realmente que eu estaria errado em iniciar um relacionamento com ela? Estou meio preocupado com isso.
    Obrigado, Fê. Sei que Deus usa muito você e dessa vez não vai ser diferente. Ore por mim. Abração. Sucesso.
    Cara, eu te amo em Cristo.

  63. Fernando Ortega 23 de novembro de 2009 às 12:05 - Reply

    E ae Lucão!!
    Então, respondendo:
    “Acha realmente que eu estaria errado em iniciar um relacionamento com ela?”
    R. Errado não, mas assumindo riscos SIM!
    Cara, pq o desejo de namorar agora? Vc tem 16 anos.. (10 a menos q eu!! hahaha) Acredito q o melhor a vc fazer é 1º buscar intimidade com DEUS para depois buscar intimidade com uma mulher.
    Embora as pessoas te digam q é maduro, volto a dizer, é preciso VIVER para ter experiência. No entanto, te entendo, tb tive 16 anos e vivi meu periodo de ansiedade.
    Se vc fosse meu irmão mais novo, não deixaria vc namorar, mas estaria diariamente te ajudando a se aproximar de DEUS.

    “Acho que sei lidar muito bem com situações que enfrentarei mais a frente. Tenho essa consciência. ”
    R. Não, vc não pode ter essa certeza. Esse é um problema…. vc se apoiar em seu entendimento. Existem coisas q vc só saberá lidar se tiver intimidade com DEUS. Não to dizendo q vc não tem, mas digo no sentido de ter caminhado mais tempo com ELE.

    Qndo tinha sua idade, tds diziam q era maduro tb. Aos 18 anos a mãe de uma possível namorada disse q estava a frente dos demais em qestão de maturidade, mas o fim dakele “quase namoro” foi muito triste.

    Sempre procuro ser sincero por aqui, e por isso q te falo: Baseado no pouco tempo e falta de experiência, vc na verdade está apaixonado e não amando ela. Amor, como já falei no post, é aprendido pelos anos ao ver os erros, acertos, choros, alegrias, etc.

    Minha sugestão é: “Use essa maturidade para se aproximar de DEUS e levar outros a se aproximarem DELE. Gaste mais tempo pensando no q fazer para ELE do q pra ela. Busque o REINO de DEUS para q ao seu devido tempo, ELE acrescente a mulher q caminhará ao teu lado, seja essa menina ou outra.”

    Q o SENHOR te abençoe poderosamente!
    VITÓRIAS!
    Estamos juntos! ;)

  64. Lucas 23 de novembro de 2009 às 18:44 - Reply

    E ai, Fê! Grande cara!
    Desculpe por estar mais uma vez aqui te perturbando, mas é porque eu realmente quero entender como as coisas funcionam. E provavelmente você tem a resposta, baseado na sua experiência. Você, por conhecimento, acha que um relacionamento humano, em minha idade, poderia atrapalhar a intimidade com Deus? Se sim, de que forma?

    “Se vc fosse meu irmão mais novo, não deixaria vc namorar, mas estaria diariamente te ajudando a se aproximar de DEUS.”
    A ideia não seria má. Seria muito interessante ter um cara assim como você próximo o bastante para conversar abertamente e, é claro, pessoalmente. (:

    Te entendo completamente quando diz que eu não a amo, que sou apaixonado. “Amor, como já falei no post, é aprendido pelos anos ao ver os erros, acertos, choros, alegrias, etc.” Concordo plenamente e é justamente isso ! Eu conheço ela há alguns anos que me possibilitaram saber os erros e acertos dela, virtudes e defeitos, quando ela está triste, quando está feliz. Eu a “amo” independentemente. Defeitos, problemas, nada altera a intensidade do que sinto por ela. Estou me sentindo um completo idiota. Hahaha. Teimando com um cara de 26 anos de mais conhecimento e experiência. Haha. Mas é por uma boa causa. Estou aprendendo muito nesse blog.Que Deus abençoe mais e mais a cada dia.
    Abração, querido. Muitas bençãos e..
    entendimento para mim (Hahaha. Super necessário).

  65. Fernando Ortega 24 de novembro de 2009 às 11:48 - Reply

    Hahah!!!
    E ae de novo Luk!!
    Então, qnto ao amor, vc pode simn amá-la como irmã mas, como mulher é mais complicado. Pq vc ainda nem tem nada com ela! Vc entenderá melhor isso qndo iniciar um namoro. Vc ama a medida q convive. E qndo ela pisa no teu calo, vc vai ter q escolher entre gritar ou amar. Por isso q digo q vc ainda não a ama, pq vc não namora efetivamente com ela.

    Não acho q um relacionamento iria te atrapalhar, mas acho q ia retardar seu crescimento. Pq? Pq em vez de ter seus pensamentos voltados a DEUS, vc os dividirá com a sua namorada…. e por ai vai…..
    Por isso q oriento a vc investir tempo em intimidade com DEUS para só depois ter intimidade com uma mulher.

    Te add no messenger dae podemos conversar melhor tb!!! ;)
    Abração qeridão!

    VITÓRIAS!

  66. debora 29 de novembro de 2009 às 21:26 - Reply

    fê dúvidas… di novu…. XD

    1°dúvida….

    fê tenho dois meses….de namoro as veses me pergunto se é a vontade de Deus..na minha vida …não q eu esteja arrependida mas pelo q minha tia (mãe)diz o q ela acha dele…..fico chateada pois tem coisas q eu tbm acho errada mas tenho baita medo de dizer…..tem coisas q eu ja falei….mas igual eu falei no ultimo comentario….ele me magoou mas eu nem ligoO,eu tenho muito medo de magoar ele…massss…..o q devo fazer da minha vida

    2°dúvida
    ele é meu primeiro namorado ….MAS….eu ja sou a quinta…..isso por um lado me da uma grande insegurança….por ele ter tido varios relacionamentos e eu não sei oq fazer nem o q dizer….. me dá uma luz !!!^^ plis !!

    A PAZ DO SEHOR amo o seu blog ….

  67. Fernando Ortega 30 de novembro de 2009 às 12:48 - Reply

    Oi Dé!!!
    Vamos lá..

    1- Como já falei em alguns posts, a opinião dos pais é extremamente importante! Eu não namoraria com a Fran se os pais dela ou os meus não abençoassem.
    Sim, acho q vc deve falar pra ele. Sua função é levá-lo pra mais perto de DEUS e se tem algo q pode impedi-lo disso vc tem q alertá-lo!

    2- Como a Fran já me disse, sua segurança tem q estar no SENHOR e não nele. Creia q ELE está cuidando de vc. Simplesmente deixe q ELE cuide! ;)

    Abração!!
    VITÓRIAS!

  68. Fernando Ortega 1 de dezembro de 2009 às 22:44 - Reply

    Glória a DEUS Lah!!!
    Agora aproveite mesmo e mostre este e outros estudos aqui do blog! ;)
    Abração!!!
    Vitórias!

  69. Fernando Ortega 14 de dezembro de 2009 às 11:41 - Reply

    Glória a DEUS Iza!!!
    É isso ae! Q nossa geração transforme vidas!!!

    “Esta é a geração daqueles q te buscam, daqueles q buscam a TUA face ó DEUS de Jacó!” – Salmos 24:6

  70. Fernando Ortega 12 de janeiro de 2010 às 12:02 - Reply

    Oi Páh!
    Então, eu não diria q está errado, mas o amor realmente só vai sendo conquistado com o passar do tempo. Não é em 4 meses ou 1 ano q vc aprende a amar alguém….. é preciso estar mais tempo junto para conhecer muito bem, qualidades e defeitos e ainda assim, permanecer ao lado da pessoa!

    Abração querida!
    VITÓRIAS!

Deixe um comentário »